अदिति देवी – Aditi Dēvī – A Mãe Primordial Védica

In Portuguese and English

➲ Like ✔ Comment ✔ Tag ✔ Share ✔

A primeira menção escrita da deusa Aditi é encontrado no Rig Veda, que se estima ter sido composta durante cerca de 1700-1100 aC.

Aditi é a mãe principal. No Rig Veda, ela é a mãe de todos os deuses e toda a criação.

Aditi teve 33 filhos, dos quais doze são chamados Âdityas, incluindo Surya , onze são chamados Rudras e oito são chamados Vasus.
Os 12 Adityas cujos nomes incluem:

Vivasvān,
Aryamā,
Pūṣā,
Tvaṣṭā,
Savitā,
Bhaga,
Dhātā,
Vidhātā,
Varuṇa,
Mitra,
Śatru
e Urukrama (Vishnu nasceu como Urukrama, filho de Nabhi e Meru). No Yajur-veda, Aditi é intitulada como aquela que “Suporta o céu, sustém a terra, soberana deste mundo, esposa de Vishnu”; mas no Mahabharata e no Ramayana, como nos puranas, Vishnu é conhecido como filho de Aditi.

Seu nome significa “imensidão e liberdade”. Como alguém que desata, seu papel é semelhante ao de seu filho Varuna como o guardião do rta, a ordem moral cósmica. Ela é o suporte de todas as criaturas. Ela é invocada para proteção e riqueza.

Aditi é mencionada cerca de 80 vezes no Rig Veda, mas nenhum hino é exclusivamente dirigido a ela. Ela é geralmente mencionada juntamente com outros deuses e deusas. É difícil obter uma imagem clara de sua natureza. Ela não é consorte de nenhum deus. Ela também não está relacionada a um fenômeno natural. Fisicamente, ela é bastante inexpressiva. Ao contrário das deusas Ushas (Deusa da aurora) e Prithvi (a mãe terra), sua natureza é indefinida. Ela parece ser uma divindade antiga cuja função original e natureza foram esquecidas mais tarde no Rig Veda.

Talvez a característica mais marcante de Aditi é a maternidade. Ela é a Devamatri. Ela é a mãe dos Adityas. Ela é a mãe de Indra, a mãe dos reis e de todos os deuses. Ela também é a mãe de Vamana uma encarnação de Vishnu. Ela é a fonte de toda a realidade manifesta, ou seja, o passado, o presente e o futuro, “tudo o que tem sido e vai ser”.

Aditi desafia a idéia moderna de que os povos védicos eram patriarcais. Aditi era considerada tanto a deusa do céu quanto a deusa da terra, o que é muito raro para uma civilização pré-histórica. A maioria das civilizações pré-históricas venerava um princípio dual, o Pai Celestial e a Mãe Terra , que parece ser emprestado do conceito de Prithvi (mãe terra) e Dyaus Pita (pai do céu) . A cultura védica atribuiu a Aditi o status de primeira divindade, embora ela não seja a única a se atribuir esse status nos Vedas . Ela é abordada, no Rigveda, como “Poderosa”.

Ela concede riqueza, segurança e abundância. Ela é muitas vezes comparada a uma vaca que fornece a nutrição, saúde e santidade. Seu leite é comparado a redentora e revigorante bebida chamada Soma.

Como muitos outros deuses e deusas hindus, Aditi tem um vahana (uma montaria). Aditi voa pelo céu sem limites em um galo. O galo simboliza força e honra. Suas armas incluem a famosa Trishula e uma espada.
Um conhecido templo antigo de Aditi devi está localizado perto da caverna de corte de rocha em Vizhinjam, Kerala .

Está escrito no Rig-Veda Samhita, mandala 01, capítulo 89 e versículo 10 :-

SÂNSCRITO:

अदितिर्द्यौरदितिरन्तरिक्षमदितिर्माता स पिता स पुत्रः |
विश्वे देवा अदितिः पञ्च जना अदितिर्जातमदितिर्जनित्वम ||१०||

TRANSLITERAÇÃO LATINA:

aditirdyauraditirantarikṣamaditirmātā sa pitā sa putraḥ |
viśve devā aditiḥ pañca janā aditirjātamaditirjanitvam ||10||

PORTUGUÊS:

Aditi é o céu, Aditi é a atmosfera, Aditi é Mãe (Mata), Pai e o Filho (putra). |
Aditi é todas as Deidades Universais, Aditi é as cinco classes de homens, Aditi é tudo o que foi nascido e deve nascer. ||10||

● ♥ ● ♥ ● ♥ ● ♥ ● ♥ ● ♥ ●

अदिति – Aditi – The Primordial Vedic Mother

The first written mention of goddess Aditi is found in Rigveda , which is estimated to have been composed roughly during 1700-1100 BC.

Aditi is the mother principle. In Rig Veda she is the mother of all the gods and all creation. Aditi had 33 sons, out of which twelve are called Âdityas including Surya, eleven are called Rudras and eight are called Vasus.

The 12 Adityas whose names include:

Vivasvān ,
Aryamā ,
Pūṣā ,
Tvaṣṭā ,
Savitā ,
Bhaga ,
Dhātā ,
Vidhātā ,
Varuṇa ,
Mitra ,
Śatru ,
and Urukrama (Vishnu was born as Urukrama, the son of Nabhi and Meru). In Yajur-veda, Aditi is entitled as one who “endures heaven, upholds the earth, ruler of this world, wife of Vishnu”; but in Mahabharata and Ramayana, as in the puranas, Vishnu is known as the son of Aditi.

Her name stands for “boundlessness and freedom”. As one who unbinds, her role is similar to that of her son Varuna as the guardian of rta, the cosmic moral order. She is the supporter of all creatures. She is invoked for protection and wealth.

Aditi is mentioned about 80 times in the Rig Veda; yet, no hymn is exclusively addressed to her. She is usually mentioned with other gods and goddesses. It is difficult to get a clear picture of her nature. She is not a consort of any god. She is also not related to a natural phenomenon. Physically, she is rather featureless. Unlike Ushas and Prithvi her nature is undefined. She appears to be an ancient deity whose original function and nature are forgotten in later Rig Veda.

Perhaps the most outstanding feature of Aditi is her Motherhood. She is Devamatri. She is the mother of Adityas. She is the mother of Indra, the mother of kings and of all the gods. She is also the mother of Vamana an incarnation of Vishnu. She is the source of the entire manifested reality-the past, the present and the future; “all that has been and will be born”.

Aditi challenges the modern idea that the Vedic peoples were patriarchal. Aditi was regarded as both the sky goddess, and earth goddess, which is very rare for a prehistoric civilization. Most prehistoric civilizations venerated a dual principle, Sky Father and Earth Mother, which appears to be borrowed from the concept of Prithvi and Dyaus Pita. Aditi was attributed the status of first deity by the Vedic culture, although she is not the only one attributed this status in the Vedas. She is addressed, in the Rigveda as “Mighty”.

She bestows safety, wealth and abundance. She is sometimes compared to a cow that provides health, nourishment and holiness. Her milk is compared to redemptive, invigorating drink Soma.

Like many other Hindu gods and goddesses, Aditi has a vahana (a mount). Aditi flies across the boundless sky on a rooster. The rooster symbolizes strength and honour. Her weapons include the famous Trishula and a sword.
A well known old temple of Aditi devi is locacted near rock cut cave in Vizhinjam, Kerala.

It is written in the Rig-Veda Samhita, mandala 01, chapter 89 and verse 10: –

SANSKRIT:

अदितिर्द्यौरदितिरन्तरिक्षमदितिर्माता स पिता स पुत्रः |
विश्वे देवा अदितिः पञ्च जना अदितिर्जातमदितिर्जनित्वम ||१०||

LATIN TRANSLITERATION:

aditirdyauraditirantarikṣamaditirmātā sa pitā sa putraḥ |
viśve devā aditiḥ pañca janā aditirjātamaditirjanitvam ||10||

ENGLISH:

Aditi is the sky, Aditi is mid-air, Aditi is the Mother (Mata), Father and Son (putra). |
Aditi is all Universal Deities, Aditi is the five classes of men, Aditi all that hath been born and shall be born. ||10||

Um comentário em “अदिति देवी – Aditi Dēvī – A Mãe Primordial Védica”

  1. Magnificent goods from you, man. I’ve be mindful
    your stuff prior to and you are just too wonderful.
    I actually like what you have bought here, really like what you
    are saying and the best way in which you say it. You’re making it entertaining and you still take care
    of to stay it wise. I can not wait to learn far more from you.
    This is actually a wonderful website.

Deixe uma resposta