Previsões do Tarot para 2020

O Eu: Perdoe-se e Siga em Frente

O Tarot nos orienta a mantermos nossas escolhas pautadas em discernimento e intuição.

Nosso racional é suficientemente valorizado aqui no ocidente, precisamos aprender a valorizar nosso lado intuitivo, que todos temos. Nossa intuição conversa conosco, nós é que não lhe damos ouvidos, e depois no arrependemos!

A mensagem é: não nos culparmos pelos erros cometidos, não trazer do passado mágoas e ressentimentos, e sim, olhar para isso com outros olhos, porque tudo na vida são aprendizados. Então, não repetir o que fizemos, se uma situação parecida acontecer de novo. Fazer nossas escolhas com equilíbrio entre a razão e a intuição. Seguir cada um seu caminho, de acordo com suas crenças e valores, respeitando os demais.

Emoções: Com os Pés no Chão!

Esteja atenta para que as fantasias não se sobreponham à realidade, é diferente de ir atrás dos nossos sonhos; a orientação é não nos iludirmos facilmente, tomarmos cuidado com propostas mirabolantes e “milagres” instantâneos, abrirmos nossos olhos e ouvidos, evitar nos deixarmos levar por lábias, sejam em que situações forem: profissionais, pessoais, amorosas, familiares.

Muito cuidado para não cair em armadilhas de notícias falsas, de curas milagrosas, de métodos revolucionários, manter as antenas ligadas, usar do bom senso e das experiências de vida já acumuladas.

Evitar que o emocional (rompantes, impulsividade) domine o filtro entre razão e intuição na tomada de atitudes; usar, sim, a sensibilidade no sentido de perceber as situações que se apresentarem, agir ponderadamente, ao invés de reagir por impulso.

Procurar equilibrar as paixões bem direcionadas (paixão por um projeto, por uma ideia, um trabalho, um ideal, por uma pessoa) e as paixões por histeria coletiva, evitar ser massa de manobra, evitar se envolver em relações dominadas pelo lado selvagem do ser humano: agressivo e belicoso. Procurar a luz interna, a clareza, a serenidade, ao invés da reação pela reação.

Novos inícios, ano regido pelo Sol, que tanto vai mostrar nosso lado claro e obscuro, então iniciar o processo de olhar para a sombra e entendê-la, aceitá-la e dar luz a ela. Dizia Jung que sem a sombra, não evoluímos, não conseguimos nossa individuação. Somos duais, polares, temos positivo e negativo em nós, negarmos isso, é negar que somos humanos.

Projetos Pessoais e Profissionais

Ano favorável à concretização de projetos, desde que pautados na ética, no respeito, no amor, na coletividade. Mesmo que a coletividade seja um grupo pequeno de pessoas, sua família por exemplo. Projetos não necessariamente são projetos, exclusivamente de trabalho. Pode ser um projeto relacionado a um novo curso, mudar de área, de casa, de postura, de cidade, de atitude perante si mesmo, iniciar uma terapia, resolver um mal-entendido… tantos outros assuntos cabem aqui!

Importante perceber o que é necessário cortar de nossa vida que já não agrega nada: hábitos, pensamentos, vícios (falar dos outros é um, amplie o conceito de vícios), comportamentos, pensamentos, atitudes, pessoas, lugares, roupas, objetos, sentimentos; para que possa realizar o que verdadeiramente quer para a vida.

Comprometimento com o que realmente tem valor para cada um de nós, evitar críticas desnecessárias, olhar mais para si e procurar em nosso interior o que significa espiritualidade. Cada um tem seu conceito e seu caminho, então que cada um siga e viva sua espiritualidade, respeitando a dos outros. Nada impede que ouçam e se interessem por outros conceitos. Pesquisem, leiam, observem, testem outras linhas, todas têm algo em comum, procurem as convergências entre elas. Construam dentro de si, suas bases emocionais, com calma e atenção. Mudem quando sentirem que é necessário, agreguem o novo que faça eco ao que já está assimilado.

Novos Caminhos

Esteja aberta ao novo, eliminem o velho quando ele deixar de fazer sentido, sem menosprezá-lo, ele foi importante na sua formação. Encerrem os ciclos que perceber que estão sendo encerrados independentemente da sua vontade. A vida está te mostrando isso, então aceite. Se tiver apego, será dolorido, então apenas entregue, doerá menos.

Procure manter seu equilíbrio, usando as técnicas que fazem sentido para vocês: meditação, mantras, Yoga, Tai Chi, corrida, caminhadas, música, ir à praia, ir para um sítio, ficar sozinha por algumas horas, ler algo que acalme… faça uso do que costuma para relaxar. Quando sentir vontade, fique em introspecção. No silêncio de nós mesmos, encontramos as respostas, que nem sempre encontramos quando desabafamos com alguém.

Acredite mais em si. Nos seus sentimentos, nas suas percepções, nas suas intuições, nas suas experiências de vida, nas suas observações; nas suas capacidades de equilibrar seus impulsos e reações, nos seus controles, nas suas explosões, nas suas capacidades de mudar o que for preciso, nos seus discernimentos. Acredite!

Vida Pessoal

Continue interagindo com seus amigos e familiares, evite acreditar em tudo que ouvir, em tudo que ler. Evite se deixar levar pelo calor da discussão. Discussão saudável é cada um externar sua opinião, é diferente de bater boca.

Assuma seu papel na sua vida, afinal, cada um de nós é a pessoa mais importante da própria vida. E isso não significa soberba, nem ser o mais importante, ou o maioral, mas sim, ser e estar consciente das limitações e motivações para sermos a cada dia e momento, um pouco melhor do que no anterior.

O Sol brilhará para todos, literalmente!

Por Nádima

Deixe uma resposta