Grabovoi

Alguns códigos grabovoi

É um processo como se fosse um mantra (pode ser repetido toda vez que tiver oportunidade )
E também como uma conexão, tente imaginar todas as soluções já realizadas e vivenciado o que deseja
E pode pedir assim:
Eu X estou em sintonia com o infinito e envio para o universo meus desejos (mencione os códigos )
E o universo me devolve as situações e desejos para usufrui-los.
Eu agradeço, potencializo, vibro, mentalizo e compartilho com todos. 
É muita coisa mas vale a pena. 
Qual a diferença entre:
– Eu invoco
– Eu comando
– Eu ativo
Quando você invoca, você faz um chamamento de algo ou alguém até você. 
Quando você comanda, você ordena que algo ou alguém cumpra o que você está determinando. 
Quando você ativa, você põe algo ou alguém em movimento. 
– Por quê não posso ativar ou invocar um código? 
” Os códigos não precisam ser ativados porque eles são em si representações de um conceito contido na mecânica do universo. E o universo é movimento, energia e vibração constantes. 
Logo não é necessário ativar, pois já estão ativos. “
Menos ainda invocar. 
Você precisa visualizar suas metas já realizadas, e falar as sequências numéricas ( um número por vez, lembrando que o número 6 deve ser pronunciado como “seis” e não “meia”), 
envolvendo-os em uma luz dourada e envia-los para o infinito. Para que assim a visualização de suas metas realizadas vibrem universalmente e se materializem em sua vida. 
Você pode criar suas técnicas em cima desses ensinamentos, mas há de se respeitar os princípios básicos. 
Não há necessidade de postar, pode escrever falando em voz alta ou mentalmente conforme os códigos de suas necessidades
Por Lígia Farias 

Deixe uma resposta