Gopashtami

O dia de Gopashtami é um festival famoso em Mathura, Vrindavan e outras áreas de Braj.

De acordo com a tradição hindu, o Senhor Krishna levantou o monte Gowardhan em seu Knishtha (dedo menor) no dia de Gowardhan Puja para salvar as pessoas de Braj da fúria de Indra. Após sete dias de inundações implacáveis ​​da região de Braj, Deus Indra aceitou sua derrota em Gopashtami.

O Senhor Krishna sugeriu que as pessoas de Braj deixassem de dar a oferta anual feita ao Deus Indra. Isso irritou Indra e ele decidiu inundar a região de Braj. Mas Deus Indra falhou em sua missão, pois graças a Krishna, as pessoas de Braj e seus animais estavam protegidos sob a vasta cobertura da colina de Gowardhan. 

Em Gopashtami, as vacas e os bezerros são decorados e adorados. O ritual de adorar vacas e bezerros é semelhante ao Govatsa Dwadashi em Maharashtra. 

Arquétipo da Coruja

O impacto emocional deste arquétipo nunca deve ser subestimado.

CORUJA: Produz dopamina. É um dos mais poderosos arquétipos que existem. Provoca elevadíssima auto-estima, prosperidade, crescimento, realização, sabedoria, poder, etc. O impacto emocional deste arquétipo nunca deve ser subestimado. 
Provoca a superação de qualquer desafio, perda, luta, etc. Indispensável para vencer na vida. Sempre relacionada com deuses, Zeus, o Sol, o Cristo, São João Evangelista, adorna pias batismais na Itália, etc. Citada na Bíblia em dezenas de versículos. É o símbolo dos presidentes, empresários, campeões, líderes, impérios antigos e modernos, etc. 
Inúmeros casos são relatados sobre aumento de ganhos, ofertas de emprego, novas oportunidades surgidas após o início do uso deste símbolo. É extremamente forte, devendo ser usado com critério. Todas as pessoas expostas ao arquétipo receberão seu efeito, isto é, passarão a crescer, evoluir, produzir mais, etc. É o arquétipo do Macho Alpha e da Fêmea Dominante.
Obs: Símbolo muito utilizado na Magia Cigana como estimulador da clarividência. Significa aquele que vê adiante, e que vê coisas que ninguém mais vê. Em altares fazem invocações mágicas para abertura da clarividência e também de proteção. É ainda um dos mais conhecidos animais de poder, invocados no mundo todo!
Obs: A Coruja geralmente pode ser usada em qualquer lugar da casa, porém em altares quando a pessoa é de esquerda pode haver recusa, isso porque provoca choque de egrégoras(kizila) o que vai desencadear um processo de desequilíbrio principalmente no chákra frontal. 
As recusas acontecem principalmente com a esquerda, pois a Coruja é algo bastante energético que vibra com chákra frontal, diferentemente da esquerda que vibra na faixa telúrica com os chákras inferiores.
(Universo Quântico) 

AS ERVAS MAIS PODEROSAS PARA LIMPEZAS ESPIRITUAIS

ALECRIM

Diziam os antigos que se uma mulher usar alecrim atrai pessoas do sexo oposto. É utilizada em ambientes comerciais em forma de defumação para limpar, descarregar e atrair clientes do sexo masculino. Se aliada à alfazema, purifica o comércio e atrairá mais clientes. Usado como banho deve ser tomado da cabeça para baixo como banho protetor e purificador.
Como fazer Chá de alecrim:
Ingredientes:
– 1 colher de chá de folhas verdes ou secas de alecrim;
– 250 ml de água de água fervente.

Modo de preparo: Junte os ingredientes em uma panela e deixe descansar por 10 minutos. Após este período, coe e beba ainda morno. O chá de alecrim deve ser tomado de duas a quatro vezes ao dia.

Dica mágica:
Um galho de alecrim onde estiver escrito o nome do ser amado e embebido em essência de rosas e guardado junto ao coração facilitará o contacto e a ternura entre as duas pessoas.
ARRUDA

Quem ainda não ouviu alguma coisa sobre a magia da arruda? Planta com aroma forte, purificadora de primeira linha, descarrega o ambiente onde for queimada, e limpa a aura em forma de banho. Aliada a alfazema e ao alecrim seu poder triplica, pois tira do ambiente onde for usada, qualquer influência estranha ou negativa. É conhecido seu poder contra o olho gordo e o mau olhado. Usado por mães de santo, pelos antigos e pelas benzedeiras para cuidar das crianças e adultos.

Como fazer Chá de Arruda
Ingredientes:
– Uma colher de sobremesa cheia de folhas de arruda
– Água fervente
Modo de preparo: Colocar as folhas em uma xícara de chá e adicionar a água fervente e cobrir a xícara. Deixar esfriar até atingir uma temperatura adequada para beber. Coar o chá e assim ele estará pronto para uso.

Dica Mágica:
Se colocarmos alguns galhos em um ambiente eles murcharão assim que alguma energia negativa entrar no mesmo
CÂNFORA

Usada num vaporizador, actua contra o egoísmo, a inveja, a exaustão nervosa e elimina as forças negativas. É uma árvore grande, verde, que cresce lentamente e pode alcançar 30 metros de altura. Use incensos ou queime uma pedra para limpar a sua casa de influências negativas

Como fazer Chá de Cânfora:
Ingredientes:
– 1 colher de folhas de canfora;
– 500 ml de água de água
Modo de preparo: Para fazer o chá, coloque a água a ferver e depois, adicione 2 colheres de sopa de cânfora, em infusão durante 15 minutos. Coar e beber 2 a 3 chávenas de chá por dia.
Dica mágica:
A Cânfora tem o poder de destruir energias negativas em nossas casas. Para tal, coloque uma concha de álcool dentro de um copo e coloque uma pedra de cânfora, o álcool vai evaporar e você irá sentir um leve cheirinho de cânfora no ar e assim ela estará limpando o ambiente onde você vive. Já agora, você sabia que os números podem revelar muito sobre você e a sua vida? Fale aqui com a nossa numeróloga, você vai se surpreender.
COMIGO-NINGUÉM-PODE

O nome da erva já diz tudo. Acredita-se que ela é capaz de repelir e anular energias negativas. Em uso conjunto com espada de São Jorge quebra feitiços, magia e mau-olhado. Além disso, é uma planta muito bonita e enfeita bem qualquer ambiente. Só é preciso tomar cuidado quem tem crianças pequenas ou animais domésticos em casa, pois é altamente tóxica se ingerida. 

O Sexto Sentido

Da mesma forma que cada sentido pode experimentar uma gama bastante ampla de sensações, percepções e funções, com o sexto sentido dá-se o mesmo.

O Universo nos dotou de 6 sentidos para podermos caminhar e crescer na Vida: aqueles cinco que aprendemos na escola (audição, tato, paladar, visão e olfato) e o sexto – chamado de mediunidade, intuição, paranormalidade, sensitividade e percepção extra-sensorial, que nossa cultura (e sua religião dominante) suprimiu.

Se a perspectiva milenar da maior parte da Humanidade – agora amplamente corroborada pela Física Quântica – é de que a Existência é multidimensional, a função do sexto sentido é possibilitar-nos o acesso consciente a esta vida multidimensional. Da mesma forma que cada sentido pode experimentar uma gama bastante ampla de sensações, percepções e funções, com o sexto sentido dá-se o mesmo.

Já dissemos anteriormente que Allan Kardec e o Espiritismo, a Umbanda brasileira, o Candomblé, e os xamãs e pajés, utilizam de diferentes formas – ou com diferentes “especializações“ – o sexto sentido.SLXLM

A canalização é uma outra forma ainda de se utilizar o sexto sentido. Quando, por exemplo, estamos fazendo Fogo Sagrado, captando conteúdos psico-emocionais (corpos energéticos), o terapeuta sensitivo está canalizando – e a canalização é sempre uma atividade absolutamente consciente.

A mediunização – utilização do sexto sentido para interagir com a dimensão dos espíritos desencarnados – que pode ser consciente ou inconsciente, atua em áreas do cérebro e do corpo de energia, diferentes de onde atua a canalização. São diferentes níveis e funções.
O sexto-sentido não é um dom, não é um privilégio ou capacidade de apenas algumas pessoas especiais.
Também não é um poder sobrenatural (como são os siddhis do Yoga). Ao contrário, é um sentido natural que está mais ou menos adormecido em nós e em nossa cultura (diferente do que ocorre nas culturas orientais e xamânicas).

Allan Kardec já havia dito isto em relação à mediunidade: todos somos médiuns.
O que poderia ser considerado um “dom“ (mas que na verdade é o resultado evolutivo que vem trazido de vidas passadas) é a super-utilização do sexto sentido.
Por exemplo, com relação à vidência. Existem dois tipos de vidência: a vidência de olhos abertos e a vidência na tela mental (que pode ser de olhos abertos ou fechados).
Qualquer um, mediante treinamento correto, pode (re)acordar a vidência na tela mental. Qualquer um pode aprender facilmente a acessar outras dimensões através da tela mental.

Água solarizada

Quando bebemos uma água que foi exposta aos raios solares, permitimos que esses benefícios fluam para diferentes partes do nosso corpo, renovando e revitalizando o organismo.

Você já ouviu falar em água solarizada? Esse método simples de energização solar pode lhe ajudar a amenizar a depressão e o desânimo, além de afastar as ideias fixas e ter mais coragem, calma e equilíbrio. A luz do sol costuma ter um efeito purificador, renovador e revitalizante. Quando bebemos uma água que foi exposta aos raios solares, permitimos que esses benefícios fluam para diferentes partes do nosso corpo, renovando e revitalizando o organismo. 

Além disso, a água solarizada também permite que os chakras (sete principais centros de energia distribuídos ao longo de nossa coluna vertebral)absorvam a energia dos raios solares e enviem suas propriedades benéficas por todos os sistemas do corpo. Além de energizar a água através do sol, também é possível aproveitar os benefícios das cores, trabalhando com a Cromoterapia. A ideia é potencializar o processo, trazendo ainda mais equilíbrio e harmonia para corpo, mente e emoções. Veja abaixo como prepara sua água solarizada.

PREPARANDO A SUA ÁGUA SOLARIZADA

A técnica é bem simples e fácil. Basta colocar água mineral em uma garrafa de vidro transparente e depois envolvê-la com papel colorido, como o celofane, na cor desejada. Outra possibilidade é comprar uma garrafa colorida, que hoje é encontrada em lojas de departamento ou decoração. Você também pode reaproveitar garrafas coloridas, como as de vinho ou cerveja. Mas nesse caso elas devem ser bem esterilizadas antes, e lavadas com água quente e sabão.

Vale reforçar que as garrafas utilizadas devem ser sempre de vidro, nunca de plástico. Além disso, garrafas brancas ou transparentes (no caso, as de plástico) não são recomendadas, pois não oferecem os benefícios das cores. Além disso, o plástico possui materiais tóxicos, como o bisfenol-a, que causa danos à saúde.

O próximo passo é tampar a garrafa e expô-la ao sol. Deixe-a por um período mínimo de uma hora (sol forte), durante metade do dia (sol fraco) ou o dia todo (em dia chuvoso). O melhor horário para preparar a água é pela manhã, de 8h às 10h, principalmente no inverno. No verão, o sol da tarde, após às 15h, também é aconselhável. Uma dica é colocar uma pedra de gelo na água. Quando ela derreter, a bebida estará pronta para uso.

Se optar por envolver a garrafa com papel celofane, basta retirá-lo após a solarização. Esse mesmo papel pode ser usado na próxima vez que fizer o procedimento. A garrafa só precisa ficar envolta pelo papel na hora que estiver sendo exposta ao sol.

A luz solar, filtrada pelo vidro, energiza a água, que por sua vez adquire as propriedades da cor selecionada. A água é condutora de energias, inclusive da energia elétrica. Devido a esta capacidade de atrair e reter em si qualquer tipo de energia, tanto positiva como negativa, podemos considerar o elemento aquoso como um acumulador energético. Mas é importante lembrar que a água solarizada não pode ser fervida e nem congelada, pois as partículas tornam-se neutras, perdendo o seu efeito. 

COMO CONSUMIR A ÁGUA SOLARIZADA

O ideal é tomar um ou mais copos de água por dia. Confira abaixo o significado de algumas cores e veja como elas podem lhe ajudar. Depois disso, abuse da sua água solarizada:

Vermelho – é estimulante, afasta a depressão e tira o desânimo. É a cor das conquistas, das paixões e da sexualidade.

Amarelo – é ativadora e dinâmica, age sobre os processos mentais. O amarelo afasta as ideias fixas e aumenta a capacidade de raciocínio. É a cor da inteligência, do estudo e da criatividade.

Laranja – é restauradora e regeneradora, traz recuperação depois de um processo destrutivo e oferece a capacidade de refazer o que não está certo. É a cor da coragem, de enfrentar desafios e trazer autoconfiança e autoestima.

Verde – é calmante e equilibradora. O verde melhora qualquer estado físico negativo e energiza o corpo e a alma.

Azul – traz equilíbrio, paciência, harmonia e serenidade, tranquilizando o corpo e a mente. Ajuda nos casos de insônia e estresse.
Índigo – trabalha o equilíbrio energético, a intuição, a proteção, a limpeza e a purificação de ambientes.

Violeta – é profundamente espiritual, mística e religiosa. O violeta atua sobre quem está espiritualmente desequilibrado, descrente e sem conexão com as forças divinas.

Rosa – trabalha afetividade, amor, harmonia e união, além de ajudar no equilíbrio dos relacionamentos pessoais e profissionais.

Agora que já sabe o significado das cores, escolha a questão que mais precisa trabalhar no momento e tome de 15 a 30 dias a bebida na cor escolhida, para sentir os benefícios. Oriento sempre que a pessoa comece pela cor verde, para equilibrar o corpo. Depois do período estabelecido, é possível preparar a água em outra cor que sinta necessidade. Outra possibilidade é que a pessoa intercale o consumo da água solarizada na cor verde com outra água preparada em uma cor diferente. Nesse caso, o ideal é tomar um copo de água solarizada com o verde pela manhã, e outro copo à tarde ou à noite, de uma água feita em outro tom.

Mas vale reforçar que não é indicado fazer uso de todas as cores ao mesmo tempo. Em um processo terapêutico focamos em uma queixa de cada vez, e geralmente começamos pelo problema que mais lhe afeta naquele momento. Depois disso, gradativamente começamos a trabalhar outras questões. Por esse motivo é indicado que você sempre consulte um terapeuta para sua orientação.

PRAZO DE VALIDADE DA ÁGUA

Depois de pronta, o tempo de validade da água pode variar, dependendo da cor com a qual tiver sido solarizada. Veja abaixo o tempo de duração de cada uma:

– Cores quentes, como vermelho, laranja e amarelo: se a água ficar na geladeira, a água deve ser consumida em até uma semana. Caso você armazene a bebida em temperatura ambiente, a validade é de, no máximo, dois dias.

– Cores frias, como azul, índigo e violeta: se a água ficar na geladeira, a água deve ser consumida em até uma semana. Caso você armazene a bebida em temperatura ambiente, a validade é de três a quatro dias.

– Verde e rosa: a validade da água é de uma semana, seja em temperatura ambiente ou na geladeira.

Além disso, a água solarizada também permite que os chakras (sete principais centros de energia distribuídos ao longo de nossa coluna vertebral)absorvam a energia dos raios solares e enviem suas propriedades benéficas por todos os sistemas do corpo. Além de energizar a água através do sol, também é possível aproveitar os benefícios das cores, trabalhando com a Cromoterapia. A ideia é potencializar o processo, trazendo ainda mais equilíbrio e harmonia para corpo, mente e emoções. Veja abaixo como prepara sua água solarizada.

PREPARANDO A SUA ÁGUA SOLARIZADA

A técnica é bem simples e fácil. Basta colocar água mineral em uma garrafa de vidro transparente e depois envolvê-la com papel colorido, como o celofane, na cor desejada. Outra possibilidade é comprar uma garrafa colorida, que hoje é encontrada em lojas de departamento ou decoração. Você também pode reaproveitar garrafas coloridas, como as de vinho ou cerveja. Mas nesse caso elas devem ser bem esterilizadas antes, e lavadas com água quente e sabão.

Vale reforçar que as garrafas utilizadas devem ser sempre de vidro, nunca de plástico. Além disso, garrafas brancas ou transparentes (no caso, as de plástico) não são recomendadas, pois não oferecem os benefícios das cores. Além disso, o plástico possui materiais tóxicos, como o bisfenol-a, que causa danos à saúde.

O próximo passo é tampar a garrafa e expô-la ao sol. Deixe-a por um período mínimo de uma hora (sol forte), durante metade do dia (sol fraco) ou o dia todo (em dia chuvoso). O melhor horário para preparar a água é pela manhã, de 8h às 10h, principalmente no inverno. No verão, o sol da tarde, após às 15h, também é aconselhável. Uma dica é colocar uma pedra de gelo na água. Quando ela derreter, a bebida estará pronta para uso.

Se optar por envolver a garrafa com papel celofane, basta retirá-lo após a solarização. Esse mesmo papel pode ser usado na próxima vez que fizer o procedimento. A garrafa só precisa ficar envolta pelo papel na hora que estiver sendo exposta ao sol.

A luz solar, filtrada pelo vidro, energiza a água, que por sua vez adquire as propriedades da cor selecionada. A água é condutora de energias, inclusive da energia elétrica. Devido a esta capacidade de atrair e reter em si qualquer tipo de energia, tanto positiva como negativa, podemos considerar o elemento aquoso como um acumulador energético. Mas é importante lembrar que a água solarizada não pode ser fervida e nem congelada, pois as partículas tornam-se neutras, perdendo o seu efeito. 

COMO CONSUMIR A ÁGUA SOLARIZADA

O ideal é tomar um ou mais copos de água por dia. Confira abaixo o significado de algumas cores e veja como elas podem lhe ajudar. Depois disso, abuse da sua água solarizada:

Vermelho – é estimulante, afasta a depressão e tira o desânimo. É a cor das conquistas, das paixões e da sexualidade.

Amarelo – é ativadora e dinâmica, age sobre os processos mentais. O amarelo afasta as ideias fixas e aumenta a capacidade de raciocínio. É a cor da inteligência, do estudo e da criatividade.

Laranja – é restauradora e regeneradora, traz recuperação depois de um processo destrutivo e oferece a capacidade de refazer o que não está certo. É a cor da coragem, de enfrentar desafios e trazer autoconfiança e autoestima.

Verde – é calmante e equilibradora. O verde melhora qualquer estado físico negativo e energiza o corpo e a alma.

Azul – traz equilíbrio, paciência, harmonia e serenidade, tranquilizando o corpo e a mente. Ajuda nos casos de insônia e estresse.
Índigo – trabalha o equilíbrio energético, a intuição, a proteção, a limpeza e a purificação de ambientes.

Violeta – é profundamente espiritual, mística e religiosa. O violeta atua sobre quem está espiritualmente desequilibrado, descrente e sem conexão com as forças divinas.

Rosa – trabalha afetividade, amor, harmonia e união, além de ajudar no equilíbrio dos relacionamentos pessoais e profissionais.

Agora que já sabe o significado das cores, escolha a questão que mais precisa trabalhar no momento e tome de 15 a 30 dias a bebida na cor escolhida, para sentir os benefícios. Oriento sempre que a pessoa comece pela cor verde, para equilibrar o corpo. Depois do período estabelecido, é possível preparar a água em outra cor que sinta necessidade. Outra possibilidade é que a pessoa intercale o consumo da água solarizada na cor verde com outra água preparada em uma cor diferente. Nesse caso, o ideal é tomar um copo de água solarizada com o verde pela manhã, e outro copo à tarde ou à noite, de uma água feita em outro tom.

Mas vale reforçar que não é indicado fazer uso de todas as cores ao mesmo tempo. Em um processo terapêutico focamos em uma queixa de cada vez, e geralmente começamos pelo problema que mais lhe afeta naquele momento. Depois disso, gradativamente começamos a trabalhar outras questões. Por esse motivo é indicado que você sempre consulte um terapeuta para sua orientação.

PRAZO DE VALIDADE DA ÁGUA

Depois de pronta, o tempo de validade da água pode variar, dependendo da cor com a qual tiver sido solarizada. Veja abaixo o tempo de duração de cada uma:

– Cores quentes, como vermelho, laranja e amarelo: se a água ficar na geladeira, a água deve ser consumida em até uma semana. Caso você armazene a bebida em temperatura ambiente, a validade é de, no máximo, dois dias.

– Cores frias, como azul, índigo e violeta: se a água ficar na geladeira, a água deve ser consumida em até uma semana. Caso você armazene a bebida em temperatura ambiente, a validade é de três a quatro dias.

– Verde e rosa: a validade da água é de uma semana, seja em temperatura ambiente ou na geladeira.

Sua casa é seu segundo corpo

Vida nenhuma prospera se estiver pesada e intoxicada, porque “existem fios invisíveis que nos ligam à tudo aquilo que possuímos”

Vida nenhuma prospera se estiver pesada e intoxicada, porque “existem fios invisíveis que nos ligam à tudo aquilo que possuímos”.

AS TOXINAS DA CASA SÃO:
🔻objetos que você não usa,
🔻roupas que você não gosta ou não usa há tempos,
🔻coisas feias,
🔻coisas quebradas, lascadas ou rachadas,
🔻velhas cartas, bilhetes,
🔻plantas mortas ou doentes,
🔻recibos/jornais/revistas, antigos,
🔻remédios vencidos,
🔻meias velhas, furadas,
🔻sapatos estragados..
🔻velharias de todo tipo que te ligam ao passado.

➖No porão e no sótão, as tralhas viram sobrecarga;
➖Na entrada, restringem o fluxo da vida;
➖Empilhadas no chão, nos puxam para baixo;
➖Acima de nós, são dores de cabeça;
➖Sob a cama, poluem o sono
➖Espalhadas pela casa, entulham a vida.

COM O DESTRALHAMENTO:
🔺 A saúde melhora;
🔺 A criatividade cresce;
🔺Os relacionamentos se aprimoram;
🔺 Há maior capacidade de raciocínio;
🔺 Leveza no espírito e no humor

PERGUNTAS QUE AJUDAM O DESTRALHAMENTO:
➕Por que estou guardando isso?
➕Será que tem a ver comigo hoje?
➕O que vou sentir ao liberar isto?
…e vá fazendo pilhas separadas…
🔹Para doar!
🔹Para jogar fora!
🔹Para vender

🔺A LIMPEZA DE DENTRO REFLETE POR FORA🔻

➖livre-se de barulhos,
➖das luzes fortes,
➖das cores berrantes,
➖dos odores químicos,
➖dos revestimentos sintéticos,
➖do que traz lembrança triste…
➖libere mágoas,
➖pare de fumar,
➖repense o uso da carne,
➖termine projetos inacabados.

➕Cultive energia positiva em sua casa.
➕Faça uma limpeza geral e use caixas para organização:

🚫lixo
✅consertos
♻reciclagem
🤔em dúvida
🎁presentes
💞doação
🤑 vender

Comece por gavetas e armários e conclua cada cômodo, faça tudo no seu ritmo… ENQUANTO FAXINA observe as mudanças acontecendo em ✨VOCÊ✨

À medida em que
limpamos nossa casa física, também colocamos em ordem nossa mente e coração! 

AS ERVAS MAIS PODEROSAS PARA LIMPEZAS ESPIRITUAIS

ALECRIM

Diziam os antigos que se uma mulher usar alecrim atrai pessoas do sexo oposto. É utilizada em ambientes comerciais em forma de defumação para limpar, descarregar e atrair clientes do sexo masculino. Se aliada à alfazema, purifica o comércio e atrairá mais clientes. Usado como banho deve ser tomado da cabeça para baixo como banho protetor e purificador.
Como fazer Chá de alecrim:
Ingredientes:
– 1 colher de chá de folhas verdes ou secas de alecrim;
– 250 ml de água de água fervente.

Modo de preparo: Junte os ingredientes em uma panela e deixe descansar por 10 minutos. Após este período, coe e beba ainda morno. O chá de alecrim deve ser tomado de duas a quatro vezes ao dia.

Dica mágica:
Um galho de alecrim onde estiver escrito o nome do ser amado e embebido em essência de rosas e guardado junto ao coração facilitará o contacto e a ternura entre as duas pessoas.
ARRUDA

Quem ainda não ouviu alguma coisa sobre a magia da arruda? Planta com aroma forte, purificadora de primeira linha, descarrega o ambiente onde for queimada, e limpa a aura em forma de banho. Aliada a alfazema e ao alecrim seu poder triplica, pois tira do ambiente onde for usada, qualquer influência estranha ou negativa. É conhecido seu poder contra o olho gordo e o mau olhado. Usado por mães de santo, pelos antigos e pelas benzedeiras para cuidar das crianças e adultos.

Como fazer Chá de Arruda
Ingredientes:
– Uma colher de sobremesa cheia de folhas de arruda
– Água fervente
Modo de preparo: Colocar as folhas em uma xícara de chá e adicionar a água fervente e cobrir a xícara. Deixar esfriar até atingir uma temperatura adequada para beber. Coar o chá e assim ele estará pronto para uso.

Dica Mágica:
Se colocarmos alguns galhos em um ambiente eles murcharão assim que alguma energia negativa entrar no mesmo
CÂNFORA

Usada num vaporizador, actua contra o egoísmo, a inveja, a exaustão nervosa e elimina as forças negativas. É uma árvore grande, verde, que cresce lentamente e pode alcançar 30 metros de altura. Use incensos ou queime uma pedra para limpar a sua casa de influências negativas

Como fazer Chá de Cânfora:
Ingredientes:
– 1 colher de folhas de canfora;
– 500 ml de água de água
Modo de preparo: Para fazer o chá, coloque a água a ferver e depois, adicione 2 colheres de sopa de cânfora, em infusão durante 15 minutos. Coar e beber 2 a 3 chávenas de chá por dia.
Dica mágica:
A Cânfora tem o poder de destruir energias negativas em nossas casas. Para tal, coloque uma concha de álcool dentro de um copo e coloque uma pedra de cânfora, o álcool vai evaporar e você irá sentir um leve cheirinho de cânfora no ar e assim ela estará limpando o ambiente onde você vive. Já agora, você sabia que os números podem revelar muito sobre você e a sua vida? Fale aqui com a nossa numeróloga, você vai se surpreender.
COMIGO-NINGUÉM-PODE

O nome da erva já diz tudo. Acredita-se que ela é capaz de repelir e anular energias negativas. Em uso conjunto com espada de São Jorge quebra feitiços, magia e mau-olhado. Além disso, é uma planta muito bonita e enfeita bem qualquer ambiente. Só é preciso tomar cuidado quem tem crianças pequenas ou animais domésticos em casa, pois é altamente tóxica se ingerida. 

A maldição familiar

Olhe para cima! Seja qual for tua circunstância de vida, assuma o perseverante compromisso de reformar, refinar, nobilitar-se hoje, amanhã e sempre; deixando tudo, se não perfeito, ao menos significativamente melhor.

O indivíduo é mais resultado de seu meio e raízes que de sua própria vontade.

Sim, a linha de pensamento é muito simples: da mesma forma que se adquire propriedades genéticas, culturais, religiosas, psíquicas e sociais dos ascendentes, se revive, reproduz e repassa elementos de semelhante natureza aos descendentes.  

O pretérito familiar não te condena mas pavimenta diante de ti um padrão, uma estrutura fundamental que pode lhe favorecer o sucesso ou acelerar o fracasso. A rebeldia adolescente tende a distanciar-se do modelo doméstico, entretanto, a vida tem por hábito repetir essencialmente os mesmos desafios n’algo que vai bem além da herança genética.

A roda da vida gira, a serpente morde a própria calda e os ciclos se sucedem uns sobre os outros, repetindo padrões até que estes se refinem por força da Lei da Evolução.

Maldição familiar não é sinônimo d’algum feitiço, mandinga, malefício lançado por terceiros e sim de um formato pensênico desalinhado com as Leis Superiores que (em você!) deve ser ajustado!

Maldição familiar é, em filosofia esotérica, o conjunto de desafios, problemas e ‘nós cármicos’ que determinado grupo, por laços familiares, assume, tenham ou não consciência disto!

Em linhas gerais, um carma familiar se manifesta por deficiências fisiológicas, desvios psicológicos, incompatibilidades pensênicas, vícios reiterados, acidentes repetidos e dificuldades padronizadas.

Existe uma ‘nuvem’ invisível que guarda os ‘arquivos’ de indivíduos ‘conectados’ familiarmente.

Nada ocorre por acaso, e isto significa que o núcleo familiar em que você está lhe servirá perfeitamente como escola, e mais, trará um ‘carma’ que, em parte, deve ser superado por ti.

Eis teu desafio: transmutar, elevar, dignificar em ti o legado familiar!

Olhe para cima! Seja qual for tua circunstância de vida, assuma o perseverante compromisso de reformar, refinar, nobilitar-se hoje, amanhã e sempre; deixando tudo, se não perfeito, ao menos significativamente melhor.

Caciano Compostela 

A Eliminação do Sofrimento

“Da ignorância, surgem os Samkharas (impressões que as ações individuais e as circunstâncias deixam na mente e que irão influenciar o futuro a curto ou longo prazo), de natureza tríplice, produtos do corpo, da fala e do pensamento. Dos samkharas, surge a consciência, da consciência surgem o nome e a forma; deles surgem as seis regiões (as seis regiões dos seis sentidos, sendo que o sétimo sentido é propriedade apenas de quem já se iluminou); destes surge o contato, a sensação, a ânsia, o apego (egoísmo), a existência, o nascimento, a velhice, a morte, a aflição, a lamentação, o sofrimento, o desânimo e o desespero. 

E, no sentido inverso, pela destruição da ignorância, os samkharas são destruídos, e a consciência deles, nome e forma, as seis regiões, o contato, a sensação, a ânsia, o apego (egoísmo), a existência, o nascimento, a velhice, a morte, a aflição, a lamentação, o sofrimento, o desânimo, o desespero, são todos destruídos.” Assim cessa toda essa massa de sofrimentos.” 

Como desbloquear e harmonizar os chakras

A seguir apresentamos diversas opções para harmonização de alguns dos chakras. Para utilizar os sons próprios de cada chakra, você poderá fazer uso de músicas para meditação.

 Chakra raiz:
1) Observação do sol nascente ou poente;
2) Sente-se no chão com as pernas cruzadas (ou na posição de lótus) e – de olhos fechados, mentalize a energia do centro da terra subindo por todas as camadas até chegar ao seu chakra raiz (passando pelos pés de pernas). Depois mentalize-a subindo através do canal sushumna até atingir todos os demais chakras;3) Escute sons da natureza;
4) Sente-se confortavelmente de olhos fechados e mentaize o som da vogal “u”, seguido do mantra LAM;
5) Sente-se confortavelmente e mentalize uma cor vermelho claro e brilhante;
6) Mantenha junto ao seu corpo ou em sua casa uma das seguintes pedras: ágata, hematita, jaspe sanguíneo, granada, coral vermelho ou rubi;
7) Aplique uma pitada de óleo de cedro (ou óleo de cravo) sobre cada um dos pés, sobre as mãos e na área correspondente ao chakra raiz.
Chakra sexual:
1) Observação da luz da lua;
2) Banho de cachoeira;
3) Escute músicas que façam fluir suas emoções (popular, de salão etc);
4) Sente-se confortavelmente e mentalize a vogal “o” fechada (como na palavra boca) e em seguida o mantra VAM;
5) Sente-se confortavelmente e mentalize uma cor laranja ativa;
6) Mantenha junto ao seu corpo ou em sua casa uma das seguintes pedras: cornalina ou ortoclásio (pedra-da-lua);
7) Aplique uma pitada de óleo de Ilag-Ilang ou sândalo sobre cada um dos pés, sobre as mãos e na área próxima ao chakra sexual.
Chacra umbilical:
1) Caminhar na praia ou no campo em um dia ensolarado;
2) Escute músicas orquestradas com riqueza de sons;
3) Sente-se confortavelmente e mentalize a vogal “o” aberta (como na palavra sol) e em seguida o mantra RAM;
4) Sente-se confortavelmente e mentalize uma cor amarelo claro (amarelo dourado para relaxamento);
5) Mantenha junto ao seu corpo ou em sua casa uma das seguintes pedras: olho-de-tigre ou âmbar;
6) Aplique uma pitada de óleo de lavanda (para o caso de chakra hiperativo) ou óleo de rosmaninho (para o caso de chacra hipoativo) ou óleo de bergamota sobre cada um dos pés, sobre as mãos e na área próxima ao chakra.
Chakra cardíaco:
1) Caminhadas tranquilas em meio à natureza verde e virgem;
2) Escute música clássica, New Age ou sacras;
3) Sente-se confortavelmente e mentalize a vogal “a” e em seguida o mantra YAM;
4) Sente-se confortavelmente e mentalize a cor rosa e verde claro nas bordas;
5) Mantenha junto ao seu corpo ou em sua casa uma das seguintes pedras: quartzo rosado, kunzita, esmeralda ou jade;
6) Aplique uma pitada de óleo de Rosa sobre cada um dos pés, sobre as mãos e na área próxima ao chakra.
Chakra laríngeo:
1) Ao ar livre, observe um céu claro e sem nuvens enquanto permanece imóvel, sentado confortavelmente ou deitado;
2) Escute músicas New Age;
3) Sente-se confortavelmente e mentalize a vogal “e” fechada e em seguida o mantra HAM;
4) Sente-se confortavelmente e mentalize a cor azul claro;
5) Mantenha junto ao seu corpo ou em sua casa uma das seguintes pedras: água-marinha ou turquesa;
6) Aplique uma pitada de óleo de Salva sobre cada um dos pés, sobre as mãos e na área próxima ao chakra.
Chakra frontal:
1) Observe calmamente um céu noturno estrelado;
2) Escute músicas New Age ou clássicas (especialmente as de Bach);
3) Sente-se confortavelmente e mentalize a vogal “i” e em seguida o mantra KSHAM;
4) Sente-se confortavelmente e mentalize uma cor índigo transparente;
5) Mantenha junto ao seu corpo ou em sua casa uma das seguintes pedras: Lápis-Lazúli, safira índigo ou sodalita;6) Aplique uma pitada de óleo de hortelã ou jasmim sobre cada um dos pés, sobre as mãos e na área próxima ao chakra.
Chakra coronário:
1) Contemple vastas paisagens de algum lugar alto, onde seja possível vislumbrar o horizonte, o céu e a terra;
2) A música desse chakra é o silêncio;
3) Sente-se confortavelmente e mentalize o som da consoante “m” e em seguida o mantra “OM”;
4) Sente-se confortavelmente e mentalize a cor violeta ou branco;
5) Mantenha junto ao seu corpo ou em sua casa uma das seguintes pedras: ametista ou cristal de rocha;
6) Aplique uma pitada de óleo de Olíbano ou de Lótus sobre cada um dos pés, sobre as mãos e na área próxima ao chakra.Dica para limpeza de pequenos ambientes: a planta guiné absorve fluidos negativos. Manter um vaso com essa planta dentro de casa ajuda a manter o ambiente limpo dessas energias mais densas.