Leitura Sagrada

Cada leitura de mapa que fazemos é como adentrar um Templo, um Mundo Sagrado, repleto de mistérios a serem revelados, onde existem lugares secretos por onde poucos passaram, que guardam segredos, relíquias de valor inestimável, muito particulares acerca de sonhos, desejos, fantasias, medos, idiossincrasias que às vezes só a própria pessoa reconhece, sabe.
É preciso pois ser cuidadoso e pedir permissão para entrar nesse território, munido de mapas de tamanha especificidade que tratam das relações simbólicas que a posição matemática dos astros no momento de nascimento do indivíduo tem com sua vida pessoal. É um espaço tão íntimo e reservado, o universo particular, o universo no particular, que é preciso (de precisão) ter muita delicadeza e respeito para entrar por essa porta, em alguns casos, faz parte da etiqueta (pequena ética) até ser um pouco cerimonioso, e abusar do silêncio quando as vozes da balbúrdia do julgamento prévio acerca do que estamos lendo tomam conta da mente maculando o cenário com pensamentos espúrios, desnecessários: “o mapa não é o território”, e isso é sagrado, não pode ser violado, com o risco de reproduzirmos verdadeiros Testamentos Cósmicos!


Ser como um céu translúcido e transparente acerca dos próprios limites e das limitações do instrumento de nossa atividade, e deixar isso bem claro para o outro, é sempre um bom lugar para começar e é o grande desafio da Leitura Sagrada .

Escrito por José Maria Gomes Neto

Horas planetárias

Sobre a Hora de Saturno


Função: Controlar
Palavras-chave: disciplina, paciência,
obstáculos, reparação, formação, trabalhos
duros e longos, responsabilidade,
antepassados, a idade, a maturidade,
a hierarquia, fundação, estrutura,
administração, organização, comando,
a estabilidade, a escravidão, cuidado,
honra, dever, direito, restrição, privação,
a realidade, pragmatismo, prudência,
pontualidade, obrigação, princípios
Melhor tempo para se concentrar, treinar,
praticar, disciplinar, administrar, controlar,
fazer trabalho físico ou mentalmente duro,
resolver problemas técnicos, objetividade,
empregos e atividades altruísta.
Pior momento para comunicação,
Socialização e relações humanas


Sobre a Hora de Júpiter


Função: Expansão
Palavras-chave: sabedoria, conselho,
consulta, otimismo, felicidade, viagens,
viagens, riqueza, bênção, abundância,
amplitude, o altruísmo, a ética, crenças,
justiça, fortuna, liberdade, oportunidade
filantropia, filosofia, novos começos
Melhor tempo para trazer positividade,
trabalho espiritual geral, buscando
e fornecendo ajuda, explorando
reinos físicos / mentais / emocionais,
enfrentando dificuldades, lidando com
pessoas, satisfazendo nossa curiosidade.
Pior tempo para restrições, trabalho de
rotina, orçamento e outras limitações.


Sobre a Hora de Marte

Função: Afirmação
Palavras-chave: vontade, coragem,
aventura, esportes, exercício, corrida,
experimentação, encontro, insistência,
ardor, combate, energia
Melhor momento para aceitar desafios,
Superar obstáculos e empregos e
atividades que requerem energia. No
entanto, Marte é bastante ardente e para
evitar acidentes, as ações precisam ser
observados.
Pior tempo para discussões, testando
a paciência das pessoas e trabalhos e
atividades que requerem concentração e
alto raciocínio.


Sobre a Hora do Sol


Função: Integração
Palavras-chave: força, sucesso,
determinação, auto-confiança, vitalidade,
pensamentos, projetos, planos, as
decisões, as autoridades, reconhecimento,
realização, progresso, a criatividade, a
dignidade, a fama
Melhor horário para gestão, planejamento,
apresentações, trabalhos criativos,
Subjetividade. Além disso, por abrigar
tanto os elementos masculinos e
femininos e estar entre charme e corrida,
também é um ótimo momento para a
atividade sexual.
Pior tempo para seguir regras, ordens
e instruções, trabalhando em detalhes,
objetividade e trabalho de rotina.

Sobre a Hora de Vênus

Função: Harmonização
Palavras-chave: amor, afeição, delícias,
belezas, comunidades, atividades sociais,
visitas, romantismo, namoradeira, arte,
conforto, companheirismo, diplomacia,
estilos, equilibrio, mediação
Bem adaptado para experimentar algo
novo, reconsiderando juízos e métodos
anteriores, dando outra olhada em
problemas não resolvidos, apreciando e
vendo a beleza, concedendo simplicidade
Sobre a complexidade, socializando e
formando grupos, diplomacia, romance.
Pior tempo para ficar de lado, disciplinar,
treinar, qualquer atividade física ou
mentalmente complexa.

Sobre a hora de Mercúrio

Função: Comunicação
Palavras-chave: conversas, palestras,
discursos, diálogos, atividades intelectuais,
aprendizagem, ensino, estudo, escrita,
comunicação, transporte, idéias,
conferências, correspondências, contratos,
discussões, critica, edição, informação,
instrução, língua, literatura, tráfego
Melhor momento para o movimento,
sendo responsivo em geral (pensar, falar,
escrever etc.., fazer conexões físicas/
mental / espiritual / emocional, preencher
os espaços em branco, oferecendo ajuda e
serviços.
Pior tempo para administração, disciplina,
treinamento, rigidez e preservação.


Sobre a hora da Lua


Função: Reação
Palavras-chave: sentimentos eemoções,
tranquilidade, calma, meditação,
isolamento, assuntos internos, assuntos
familiares, alimentando, a fertilidade,
a segurança, memórias, nostalgia,
relaxamento, bebés, marés, subconsciente.
receptividade
Seria ótimo usar este tempo para a oração,
contemplação, meditação, ouvir a nós
mesmos, focando o interior, desfrutando
de vida em casa, vigiando nossos
pensamentos e emoções. E o melhor
momento para deixar tudo de lado e
descobrir o que realmente queremos fazer.
Pior tempo para o trabalho obrigatório
e a cooperação; A Lua nos chama a ser
apenas nos mesmos.

Lilith no mapa astral e nos signos

Em primeiro lugar é bom esclarecer que a Lilith usada na astrologia não é um astro, Em termos astronômicos, é o ponto celeste que representa a maior distância da órbita da Lua em relação à Terra, logo o apogeu da órbita da Lua. Em termos astrológicos, seu significado é mais complexo. Existem muitas interpretações e há quem as desconsidere, mas para muitos astrólogos a posição da Lilith no mapa pode indicar:

  • Uma área de insatisfação constante. Na área indicada pela casa e pelo signo em que a Lilith está, as experiências geram  grandes expectativas, mas acabam se revelando mais ou menos frustrantes, jamais plenamente gratificantes.
  • Um ponto de inversão. As coisas tendem a acontecer de forma diametralmente oposta ao que era esperado.
  • Um processo de acumulação de potencialidades não desenvolvidas. Por algum motivo, a energia disponível na casa e no signo em que a Lilith se encontra não é utilizada plenamente e acaba gerando sobrecarga e criando distúrbios.
  • Conteúdos psicológicos infantis ainda não elaborados. Como a Lua no mapa natal representa as experiências da primeira infância, a Lilith representaria os anseios das experiências infantis não vividas, o que sugere possibilidade de reações emocionais primitivas e descompensadas.
  • Uma espécie de vórtice de emissão ou captação de energia. Na área onde a Lilith se encontra, a pessoa pode liberar involuntariamente muita energia, que muitas vezes lhe falta em outras áreas de experiência. Da mesma forma, a pessoa pode absorver a energia alheia, de forma deliberada ou inconscientemente.
  • Uma conexão com outras freqüências. Alguns acreditam que a Lilith pode exercer o papel de uma antena, como uma espécie de Netuno concentrado, possibilitando o contato com dimensões ainda não totalmente compreendidas, como fenômenos psíquicos ou mediúnicos, por exemplo.
  • Um ponto no qual a pessoa mostra traços de genialidade. Também há quem atribua à Lilith a propriedade de conferir à pessoa forte magnetismo pessoal em certas circunstâncias, nas quais ela pode demonstrar poder ou ter insights revelador

Lilith, como ponto associado ao apogeu da Lua, momento em que a Lua está mais distante da Terra, sugere ser associada a conteúdos da função Lua que estão mais longe do controle da consciência.
A cada posicionamento da Lua existe um posicionamento zodiacal de Lilith, assim como dos Nodos lunares.
A situação astrológica da Lua no mapa natal fala da função lunar nesta vida, os nodos falam do eixo darma – karma, e Lilith – Priapo fala do eixo feminino – masculino oculto.
A deusa Lilith, dama do reino do obscuro tem sensualidade perigosa e desconhecida. Sua força oculta e descontrolada recusa à submissão e a obediência. Estas características a fazem candidata ideal para pertencer as entidades que representam a energia do apogeu lunar.

Lilith no mapa natal:
Lilith simboliza –quando em destaque no mapa– uma personalidade independente e irreverente que se resiste a se submeter a alguém ou comprometer suas crenças em nome de interesses alheios. Estas pessoas podem se destacar por suas vidas revolucionárias e irreverentes com tonalidades forças na sua sexualidade, sensualidade, poder pessoal ou formas de lidar com estes assuntos. Pode também caracterizar a pessoas que lidam com a cura profunda.
A desarmonia, irreverencia e insubornabilidade de Lilith tem como objetivos denunciar onde se controla e manipula; impulsionar a pessoa a libertação de cristalizações, ajudando ao desapego e a desidentificação de comportamentos e valores castradores; promovendo assim a criatividade, permitindo redescobrir talentos e potenciais.
Lilith representa uma força que emerge do inconsciente para promover o movimento e a evolução em busca de maior amplitude de resposta e evolução. Assim quando não é entendida e bem canalizada pode provocar sofrimentos. Quando desconhecida ou reprimida, a energia de Lilith pode transformar-se em perturbação e violência, manipulação e destruição.
A situação astrológica de Lilith pode indicar dicas importantes da forma em que se manifesta na pessoa as forças do Caos e do aparente “mal”.
Ela parece estar ligada ao sentimento de fundo de ‘frustração’ ou incompletude. A casa ou signo onde ela se encontra corresponde a área de experiência (casa) ou qualidade arquetípica (signo) em relação à qual o indivíduo vive com um sentimento inexplicável de falta e insatisfação e constante expectativa, mesmo que a experiência simbolizada por aquela Casa ou signo esteja sendo realizada satisfatoriamente.

Nos signos: 

Áries: pode causar irritabilidade e nervoso extremamente espontâneos e repentinos. Faz com que a pessoa tenha picos de emoções fortes, coragem e excitação muito variados, além de fazer com que ela tenha uma personalidade extremamente forte.

Touro: são pessoas que costumam fazer de tudo para alcançar o prazer (comida, sexo, luxo…) mas ao mesmo tempo super se deixam levar pela inércia e se tornam muito acomodadas.
Gêmeos: dificilmente conseguem terminar algo; pessoas com essa lilith possuem um verdadeiro problema com a questão de estar interessado. Começam muitas coisas, mas ficam somente na superficialidade.

Câncer: são pessoas que conseguem criar sentimentos com absolutamente tudo. E quando criam, sofrem muito por isso, querem que aquilo seja somente delas e viva em uma bolha feita por elas. Costumam guardar muito rancor e sentimentos intensos associados a memórias.

Leão: assim como touro, fazem de tudo por prazer, mas enxergam isso como uma fonte de auto afirmação. Precisam ser auto afirmar pelo sexo e pelas coisas prazerosas, por assim dizer. Se sentem muito feridas e perseguidas quando percebem que sua reputação está ameaçada.

Virgem: são extremamente seletivas, principalmente com as emoções e com as pessoas que a cercam. No entanto, costuma se sentir muito insatisfeita, parece que nada a favorece, o que pode resultar em uma certa “paranóia”.

Libra: costumam sofrer bastante por relacionamentos no geral. Tendem a querer agradar tudo e a todos, a passar sempre uma imagem bela, e quando não consegue, se torna introspectiva e apática.

Escorpião: costumam ser extremamente rebeldes e sensuais, além de terem certa compulsão por sexo e por tudo o que é oculto. Estão sempre procurando coisas e pessoas intensas e, quando não acham, tendem a se frustrar.

Sagitário: costumam ser muito doutrinadores e apegados as idéias que possuem, além de serem um tanto quanto irresponsáveis e imprevisíveis. Pode se achar muito inteligente perante certas situações.

Capricórnio: costumam ser pessoas que fazem de tudo pra crescer na vida e podem se tornar mesquinhas. Podem possuir uma reputação ótima no superficial, mas por debaixo dos panos estão trabalhando com coisas ilícitas, ilegais ou imorais.

Aquário: tende a não se apegar a nada, a querer ser totalmente independente e comandar revoltas, quando na verdade dificilmente é aceita em grupos ou permanece por muito tempo por conta do seu extremismo e da força em ser “do contra”.


Peixes: são pessoas que caem em vícios de maneira mais fácil, que possuem abertura espiritual maior também. No geral, também costumam ser muito sensíveis e escapistas sobre tudo e todos.

A Lua nos Signos

A Lua rege os hormônios do corpo, os humores, a fertilidade e a gravidez. A ela também está relacionada a mente mais profunda e íntima, os instintos, as emoções e o inconsciente. A Lua é a nossa mãe, e no mapa natal seu posicionamento representa a forma como a enxergamos, de acordo com sua influência em nossas vidas. A Lua é um luminar noturno e feminino de grande importância na Astrologia. Por ser o astro mais veloz do sistema solar, ela representa mudanças rápidas no setor pelo qual ela transita. Lembrando que, na terminologia astrológica, podemos chamar o Sol e a Lua de planetas, já que os antigos não tinham essa preocupação moderna de classificação.

A Lua nos Signos:

Lua em áries: A Lua em Áries tem essa “pegada” de raciocínio rápido, “vai ali” e já fez, tem uma inteligência emocional boa. Só que por outro lado, muitas vezes falta o filtro, a calma ao pensar, assim, para aqueles que têm a Lua em Áries, seria importante ter os seguintes pensamentos antesde falar: pense antes de falar! Lua em Áries bate de frente, ou seja, é impulsiva ao manifestar as emoções, tem sangue quente.As coisas chegam muito rápido para a Lua em Áries, então é uma Lua colérica, que tem que aprender a se controlar emocionalmente, eu diria que ter a Lua em Áries é mais forte do que ter o Sol em Áries, por que às vezes o Sol em Áries com uma Lua em Touro ou em Capricórnio, faz com que a pessoa tenha aquele tão sonhado “filtro”! Essa lua atrai as pessoas. No primeiro signo do zodíaco, a Lua redescobre o elemento fogo em sua modalidade cardinal. Áries proporciona ao luminar uma intensa energia que faz com que seus nativos vivenciem seu lado emocional de forma apaixonada. Não, não estou apenas me referindo à paixão romântica, mas a todas as suas necessidades que, quando aparecem, são tão aquecidas que chegam a efervescer em seus interiores. Pessoas com Lua em Áries costumam ser bastante ansiosas e apressadas e muitas vezes parecem viver com um senso de emergência. Suas reações instintivas são rápidas e vulneráveis às provocações internas, por isso se irritam com tanta facilidade. Deverão desenvolver a disciplina e a paciência, porque a vontade de jogar tudo para o alto e abandonar projetos lentos e empacados irá lhe atormentar constantemente.Os nativos nascidos com a Lua em Áries possuem uma predisposição emocional para iniciar algo novo. Eles começam seus projetos super empolgados, mas se estes deixam de estimulá-lo com novidades, sua motivação decai e tornam-se pessoas insatisfeitas. Gostam de se arriscar e se realizam quando se sentem totalmente independentes, podendo dirigir sua vida conforme seu próprio querer. Como são emocionalmente agressivos, acabam se envolvendo em brigas desnecessárias com aqueles que fazem parte de seu dia a dia. Não possuem alto controle e são impulsivos, por isso não é raro carregarem um fardo de pequenos arrependimentos. Toda essa energia de fogo ganha um bom destino quando usada em atividades físicas, especialmente as esportivas. Os nativos da Lua ariana são competitivos e detestam ser deixados para trás, mesmo que isso seja apenas uma sensação criada por sua própria mente. Quem conviver com eles deverá compreender que suas emoções são ardentes e objetivas. Esses nativos preferem ir direto ao ponto sem enrolação, mas, quando ampliam sua consciência, começam a ser esforçar para compreender a complexidade do outro, o que antes considerava como frescura. Todos esses desafios acontecem porque a Lua e Áries são incompatíveis: a primeira é um luminar feminino e noturno, fleumática, fria e úmida, enquanto o segundo é um signo colérico, quente e seco, regido por Marte.O lado mais positivo dessa Lua é a coragem para enfrentar seus medos e desafios. Não baixa a cabeça diante de ameaças e das dificuldades do mundo. Também sentem-se muito inconformados com as injustiças e com opressões. Claro, tudo isso vai depender das condições de Marte no mapa natal. Impulsividade e imaturidade emocional marcantes, potencial para criação, tendências explosivas e as vezes, comportamento infantil. Mas se bem aspectada, sabe lidar com problemas emocionais como ninguém.


Lua em touro: Lua em Touro é Lua exaltada, é um dos melhores posicionamentos para você ter a sua Lua (também é bom ter a Lua em Câncer porque está em domicílio, apesar de ser uma Lua muito sensível).Porque que é bom ter a Lua em Touro? Porque é considerado uma exaltação na Astrologia ter a Lua em Touro?Para quem tem a Lua em Touro pode estar tudo ao redor pegando fogo que o ‘santo’ com a Lua em Touro fala assim: “Não! calma aí! O que vou fazer? Como vou reagir? Onde começou o fogo? Onde está a água?”. É uma Lua que tem pausa essa Lua em Touro pensa, vê, e aí após pensar e ver, decide se deve ou não falar/agir, e de que maneira fazer ou não fazer. Não tem aquela emoção descontrolada, que é rápida e já devolve tudo de cara, sem o filtro, você consegue segurar e usar também a razão junto com a emoção.A Lua em Touro exige muita segurança, ela precisa saber que está tudo em ordem, ou seja, é uma Lua que deve ter a vida material de uma forma ordenada e organizada. Lua em Touro não combina com trabalhos tipo freelancer, onde uma hora se ganha e outra não, pois gostam muito de retidão, segurança e estabilidade em tudo, e também nos relacionamentos. Pessoas com a Lua em Touro são um pouco possessivas, tem que tomar um pouco de cuidado com a possessividade, no amor é um posicionamento que influência o ciúme. Bem aventurados são os que receberam a luz sob os auspícios da Lua em Touro, especialmente aqueles que nasceram durante a noite. Este é o signo de exaltação do luminar noturno, onde ela encontra conforto e segurança para expressar os seus sentimentos mais íntimos. As emoções que fluem dessa Lua são bastante estáveis e reagem pouco aos estímulos externos, proporcionando-lhe o dom da tolerância e da paciência. Obviamente, a Lua em Touro talvez não acalme um mapa onde há excesso de energia de fogo, mas ela ao menos conseguirá concentrar mais a impulsividade do nativo, não apagando a sua chama, mas impedindo o risco de incêndio. Dado que este é um signo do elemento terra de modalidade fixa, esta Lua precisará lidar com sua necessidade de segurança emocional e seu consequente medo da perda e da crise. Estará também sujeita à grande prazer sensorial, onde suas emoções jubilam, por exemplo, ao saborear uma boa refeição ou ao receber afeto. Não raro, ela produz bons cozinheiros, sommeliers, massagistas e ótimos parceiros amorosos.Os nativos nascidos sob essa configuração costumam estar atentos às necessidades alheias, provendo-lhes aconchego e abrigo. Quando algo vai além do seu controle ou há percepção de mudanças no comportamento afetivo de alguém próximo, torna-se excessivamente inseguro e possessivo, vivenciando uma crise interna. Semelhante ao touro que rumina seu alimento, essa Lua pode ruminar as próprias emoções, ou seja, mesmo não reagindo a determinadas situações, o efeito causado sempre volta a sua garganta para ser mastigado e digerido novamente. Remoem muito aquilo que não conseguem aceitar, especialmente términos e abandonos. A dica é expressar mais as próprias aflições e engolir menos desaforos.Pessoas com essa Lua costumam ser mais lentas, tranquilas e até mesmo despreocupadas. Podem procrastinar, deixando suas tarefas para mais tarde. Contudo, são trabalhadoras produtivas quando aprendem a vencer sua natural morosidade. Precisam de ritmo na vida: quando criam uma rotina, percebem que tudo passa a ser mais fácil e todas as suas responsabilidades são atendidas no prazo. Os nativos nascidos com a Lua em Touro são também persistentes em seus desejos, correndo o risco de se tornarem inflexíveis e teimosos. Seu maior desafio é substituir o comodismo enquanto característica de não mudar algo que já deixou de ser bom de alguma forma, pela aceitação, capacidade de compreender aquilo que está além do seu poder pessoal, como a decisão de uma pessoa querida partir. A casa onde essa Lua atuar estará em boas mãos, a não ser que ela esteja afligida por maléficos. O posicionamento da Vênus é essencial para a melhor compreensão desse posicionamento. Preguiçosa, apegada, extremamente hedonista, ama o prazer e aprecia tudo o que é belo, boa comida, uma cama gostosa, um sexo bom, quando mal aspectada pode se tornar ciumenta e teimosa.


Lua em gêmeos: Geralmente as pessoas com Lua em Gêmeos estão em constante mobilidade e podem viajar muito ou mudar constantemente de casa e de emprego.Quem tem Lua em Gêmeos geralmente irá se sentir mais confortável quando puder explicar suas emoções, ficando mais satisfeito em situações onde possa estar vendo, ouvindo, circulando e trocando ideias.Irá se sentir muito desconfortável em situações de demonstração física ou afetiva, de isolamento ou de silêncio. Pessoas com Lua em Gêmeos podem ser frias em relação a sentimentos e emoções. Quem possui esta Lua tem dificuldade para entender o sentir e prefere analisar as coisas de maneira mais geral e factual.Essa Lua reage mal à possessividade ou ao descontrole emocional e pode pecar por excessos, provocar desentendimentos, intrigas ou usar da omissão ou deturpação da verdade para não assumir responsabilidades. Por serem muito variáveis e instáveis, pessoas com Lua em Gêmeos podem transmitir pouca confiança.Se você tem esta Lua no mapa, deve atentar-se para as constantes mudanças de humor, emoções instáveis e excesso de comentários. Aprenda a ser mais constante e profundo em seus objetivos. A natural profundidade da Lua ganha leveza ao trabalhar suas emoções no signo de Gêmeos. Nele, o astro noturno não possui nenhuma força essencial, mas não deixa de possuir algumas vantagens em relação às demais. Claro que as dignidades são fundamentais para qualquer planeta ou luminar, já que sem elas surgem dificuldades nos setores afetados, mas a Lua em Gêmeos dota seus nativos de uma mente ágil e versátil capaz de pensar muitas coisas ao mesmo tempo, o que pode ser bastante positivo para quem precisa dar conta de diversos assuntos de uma só vez. Sendo Gêmeos um signo bicorpóreo do elemento ar, essa Lua torna-se inconstante em suas emoções e interesses, sujeita a várias oscilações de humor durante o dia. Uma boa energia de terra no mapa pode impedi-la de abandonar seus projetos pela metade.Os nativos com a Lua em Gêmeos estranham, de certo modo, seus próprios sentimentos. Desconfortáveis com a forma mais pura das emoções, eles buscam compreendê-las através dos filtros da racionalidade, tentando encaixá-las em algum canto de sua desordem interior. Por esse motivo, podem ser pessoas bem frias, rejeitando seu lado mais sensível em prol da reação intelectual. Esses são os motivos pelos quais não possuem muita paciência com pessoas dramáticas, mas costumam se dispor a conversar para resolver seus problemas pessoais. Aqueles que se relacionarem com esses nativos devem compreender essa face de suas personalidades, especialmente se a Vênus também estiver em signo de ar, pois o convívio diário se parecerá mais com uma amizade do que com um romance shakespeariano. Os indivíduos nascidos sob essa Lua são também bastante curiosos, gostam de aprender coisas novas e sempre estão muito atentos ao ambiente, prestando atenção a todo movimento que acontece a sua volta. Do mesmo modo, a busca incansável de informações é sua principal forma de acumular conhecimentos vindos de diferentes fontes e, estando o Mercúrio em boas condições, expressam-se constantemente por meio da escrita e da fala. A Lua em Gêmeos proporciona aos seus nativos um bom senso de humor e inteligência. Às vezes essas características podem se transformar numa visão sarcástica do mundo, pois já possuem algumas tendências maliciosas que precisam ser dominadas em sua alma. Quanto a sua criatividade, ela não vem de uma inspiração superior, mas da flexibilidade de sua mente capaz de unir informações de origens distintas. Por carregarem dentro de si uma eterna criança, os geminianos de Lua são também carentes e precisam de cuidado, mas raramente admitem isso. Seu maior desafio é não ficar na superficialidade das emoções e aprender a se aprofundar mais dentro de si mesmo.O posicionamento de Mercúrio é essencial para os nativos dessa Lua. Emoções fluidas e inconstantes, 8 ou 80, dualidade, bem e mal, tendências a causarem intrigas emocionais dentro da própria família, quando bem aspectada, inteligente e sedutora.


Lua em câncer: Esta é uma posição bastante favorável, pois a Lua encontra-se em seu signo de regência e pode atuar de forma bastante ampla. Também por este motivo indivíduos com este posicionamento são profundamente emocionais e muito receptivos aos sentimentos dos outros.Geralmente as pessoas com Lua em Câncer se tornam bons pais e desenvolvem naturalmente um apego muito especial com a família e o lar.Quem tem Lua em Câncer geralmente é apegado sentimentalmente ao passado. São aquelas pessoas que fazem questão de sempre lembrar alguma receita da mãe e ter por perto fotografias da família e amigos de infância.A Lua de Câncer traz necessidade de proteção, acolhimento e segurança emocional e quem tem esta Lua sente-se seguro e satisfeito quando pode estabelecer vínculos em ambientes conhecidos e familiares, mas irá se tornar extremamente carente e desamparado em ambientes desconhecidos e frios.Pessoas com Lua em Câncer reagem mal à tensão e a fatos novos e devem estar atentas para não levar tudo para o terreno pessoal ou mesmo viver uma vida apenas de memórias do passado. O signo de Câncer é regido pela Lua, sendo portando seu domicílio astrológico. Nele, ela encontra um ambiente favorável para a expressão de suas características de maneira fluida, dotando-se de força e aptidão para atuar no setor onde se encontra no mapa e conservar suas criações. A Lua é um luminar que se relaciona a tudo aquilo que é ligado as nossas origens, desde os instintos básicos, a mente mais profunda e as reações emotivas até as nossas lembranças e o passado de uma forma geral. Nativos nascidos com a Lua em Câncer são pessoas com alta sensibilidade emocional, apegadas àqueles que amam e as suas memórias. Gostam de colecionar coisas, rever fotos antigas e idealizar sua infância. Nostálgicos, eles têm a sensação de que o presente nunca é melhor do que foram os seus primeiros anos, sentindo saudades de sua terra natal e da vida de quando era criança. Como são pessoas que apreciam sua família, é preciso muito esforço para delas se desvincularem mesmo na vida adulta, pois há grande dependência emocional que, não raramente, é mantida por meio da chantagem. Possuem a maior habilidade de amadurecer suas emoções quando alguns laços degastados são cortados.A Lua em Câncer oferece aos seus nativos um forte sentimento de clã. Eles valorizam seus grupos e não medem esforços para mantê-los unidos através de um instinto quase maternal de proteção dos seus entes queridos, gostando de alimentá-los, nutri-los e cuidá-los. Preocupam-se verdadeiramente com a segurança de si e dos outros, chegando ao ponto de viver constantemente com receios. Sentem compaixão dos mais vulneráveis e podem dedicar boa parte de seu tempo ajudando voluntariamente alguma causa. Os nativos nascidos com a Lua em Câncer são indivíduos extremamente carinhosos, mas carentes na mesma medida. Necessitam sentirem-se amados e acolhidos da mesma forma que amam e acolhem. Tendo o aconchego dos sentimentos, sua vida lhe parece muito mais leve. Já em situações que demandam muita dureza e praticidade, entram em conflito com sua própria alma, onde a razão e a emoção mais se desentendem. Para essas pessoas, nem sempre é bom seguir o próprio coração, pois este pode lhe prender ao sofrimento e ao sacrifício. O desapego e a independência emocional são seus maiores desafios. Não podem temer as rupturas e as mudanças que o mundo lhe impõem. Sempre que os nativos com a Lua em Câncer se sentem ofendidos, uma ferida desproporcional se abre em suas almas, levando muito tempo para curá-la. Remoem seus sentimentos e guardam muito rancor. Passam-se os anos e eles se lembram das dores do passado como se estivessem acontecendo no presente. Emocional, apegada, rancorosa, extremamente fechada, quando bem aspectada, é alguém que ama intensamente e protege o que ama com unhas e dentes, mal aspectada, se torna alguém extremamente rancoroso.


Lua em leão: Geralmente as pessoas com Lua em Leão sentem a necessidade de receber elogios e aprovação daqueles que o rodeiam, e tendem a escolher carreiras onde possam estar em destaque, expostos aos aplausos do público.Esta Lua mostra fragilidade no ego e problemas com a autoimagem, indicando um excesso de mimos na fase infantil.Pessoas com a Lua em Leão se sentem satisfeitas em situações em que possam aparecer, exercer seu poder de sedução e criatividade, sendo homenageadas, admiradas, respeitadas e elogiadas por seus dotes e talentos.Sentem-se seguras também quando conseguem provocar emoções fortes, exalar generosidade, nobreza e grandiosidade.Por outro lado, mesquinharias, economia de sentimentos, desatenção, falta de reconhecimento ou falta de aplausos (que para Lua em Leão significa desamparo, indiferença, desamor) os fazem sentir-se extremamente desconfortáveis.Esta posição celeste revela também um lado mandão e dominador com tendência para extravagância e exagero. Frente às pressões emocionais, este indivíduo veste-se de arrogância, vaidade e egocentrismo quando suas necessidades não são atendidas, tornando-se orgulhoso, demonstrando soberba, expressando-se como ferido em seu amor próprio e exagerando em promover-se.Pessoas com Lua em Leão precisarão desenvolver relacionamentos mais generosos, deixando de se concentrar somente em si próprio/a. Não é de se espantar que Leão seja o signo onde a Lua reflete mais abundantemente a luz solar. Sendo esse de domínio do Sol, a Lua encontra uma forte energia que a envolve em um brilho acalorado, único. Os nativos nascidos com esse posicionamento possuem uma alma capaz de chamar a atenção das pessoas ao redor de forma natural. Quando menos esperam, e não raro vindo de desconhecidos, recebem um elogio sobre seu jeito de ser. São pessoas vaidosas preocupadas em cuidar da aparência, mas que igualmente cultivam a beleza interior. Para elas é mais importante ser do que parecer, ainda que busquem certo status no mundo. De todas as luas, essa é a mais generosa do zodíaco. Seus nativos adoram presentear as pessoas que gostam e não medem esforços para protegê-las. Conseguem sentir cheiro de falsidade de longe, e procuram sempre manter sua autenticidade mesmo que isso limite seu número de amigos. Não conseguem esconder seus sentimentos, de modo que se estão felizes, contagiam o ambiente a sua volta, mas sua raiva e tristeza também ficam escaradas para todo mundo ver. Possuem grande senso de gratidão e não esquecem dos bons momentos compartilhados e das ajudas recebidas. A tendência de dramatizar suas emoções é um dos desafios que esses nativos precisam enfrentar. Muitas vezes se vêem como vítimas de uma situação e não se responsabilizam pelos seus sentimentos, procurando culpados no mundo e deixando de olhar para dentro de si. Ainda assim, transparecem nobreza e magnanimidade, dificilmente baixando a cabeça para as situações difíceis da vida e se submetendo a relacionamentos que comprometam sua dignidade. O único problema é que, mesmo demorando para se apegar, quando isso acontece é complicado mudar interiormente. A Lua em Leão dota seus nativos de orgulho, por isso, quando admitem algum erro pessoal, necessitam que seu pedido de perdão seja verdadeiramente reconhecido. Aliás, o reconhecimento é uma necessidade da alma desses nativos: eles buscam ser valorizados por aquilo que são e por aquilo que fazem. Detestam ser ignorados e, em alguns casos, tornam-se pessoas inflexíveis e egocêntricas, atendendo somente às suas necessidades emocionais. Graças a sua grande força interior, desprezam a fraqueza alheia, mas ajudam as pessoas a reencontrarem sua autoestima, mesmo com conselhos duros e reais, podendo ser interpretadas como autoritárias.Normalmente, a mãe dos nativos com a Lua em Leão são mulheres exuberantes, bonitas, superprotetoras e talentosas. São “mães rainhas”.O posicionamento do Sol é essencial para essa Lua. Emocional, egóica, apegada, amorosa, quente, vaidosa, quando mal aspectada é prepotente e arrogante.


Lua em virgem: Pessoas com Lua em Virgem são bastante reservadas emocionalmente. Mesmo fazendo parte de grandes grupos e tendo muitos amigos, não costumam se abrir para qualquer pessoa.Quem tem Lua em Virgem pode viver um eterno cabo de guerra interno. De um lado a emoção instintiva e explosiva e do outro a tentativa de entendimento, análise e racionalização dos próprios sentimentos e do entorno. São pessoas que estão sempre tentando se entender e se autoanalisando.A Lua em Virgem traz as capacidades virginianas para aprender facilmente, memorizar e analisar, quem tem este posicionamento tem aptidão natural para os estudos científicos, analíticos e para todas as profissões literárias. São os pequenos gênios que já na infância, sem muitos esforços, acabam se sobressaindo intectualmente.Por serem muito curiosos, pessoas que têm a Lua em Virgem costumam ser muito questionadoras. Querem entender a mecânica das coisas, o porquê e o pra quê de tudo, pois são muito práticos e odeiam desperdiçar tempo com mecânicas pouco funcionais. Mostre algo para uma pessoa com Lua em Virgem que ela te mostrará em instantes como aperfeiçoá-lo. Como a Lua rege a triplicidade noturna da terra, ao ingressar no signo de Virgem, o luminar feminino ganha força e dignidade. No segundo domicílio de Mercúrio, a Lua dota-se de grande inteligência e racionalidade, sentindo a necessidade de manter as emoções organizadas em seu interior. Não possui uma imaginação livre devido à atenção voltada para a compreensão da realidade em seus mínimos detalhes. Deste modo, seus nativos são pessoas observadoras e capazes de perceber os pormenores das diversas circunstâncias da vida, desenvolvendo um cuidado com os detalhes e a perfeição. Essa valorização do “mínimo”, do “pequeno”, vem da humildade do signo de Virgem que torna as emoções da Lua mais sutis e delicadas. O desejo pela perfeição pode levar os nativos dessa Lua a enfrentarem problemas de autoestima, pois dificilmente se acham preparados para o mundo ou se satisfazem com o resultado de seu próprio trabalho. Da mesma maneira, possuem forte senso crítico e identificam mais defeitos do que qualidades nas pessoas a sua volta, mas buscam sempre ajudá-las. Com todas essas características, ter uma Lua em Virgem no mapa natal é excelente para profissões que prestam serviços, especialmente nas áreas da saúde e estética. A pesquisa científica e qualquer outra atividade que necessite de sistematização e organização, como a computação e a biblioteconomia também são favoráveis. Isso porque seus nativos não possuem apenas uma habilidade analítica, mas também são pessoas extremamente dedicadas, inclusive nas suas relações interpessoais. Demonstram seu amor através de atitudes práticas, fazendo favores como preparar uma refeição ou auxiliar alguém em seus deveres. Algumas pessoas podem considerá-los frios por não compreenderem suas reações instintivas de preservar e reservar seus sentimentos mais íntimos. Abrem seu coração com certa dificuldade, preferindo manter sua vida privada. São também tímidos e puritanos, apegados fortemente à moral e a sua noção de certo e errado. Em alguns casos, tornam-se descrente com a vida.Os nativos com a Lua em Virgem costumam ser pessoas que se comunicam pouco, mas esperam ser compreendidas para além daquilo que revelam. Quando suas emoções estão bagunçadas, podem perder o controle de outras áreas da vida, como as finanças e os estudos por exemplo. Devem ficar atentos para não desprezarem os problemas alheios mesmo que pareçam dramas ou aflições desnecessárias. O posicionamento de Mercúrio é essencial para essa Lua. Carinhosa, analítica, existe grande potencial mediúnico aqui, especialmente em mulheres, extremamente organizada em seus sentimentos e muito exata no que quer, mal aspectada pode ser alguêm chato, “cricri”, se torna infantil e birrenta.


Lua em libra: Pessoas com Lua em Libra têm atração pela vida social e gostam de estar sempre rodeados de pessoas. Esta Lua busca sempre por reciprocidade nas relações e tem necessidade de companhia, de contato social, de ser aceita e de se sentir apreciada.Quem tem Lua em Libra geralmente se expressa de maneira refinada, usando charme, sedução, amabilidade, boa aparência e refinamento para se aproximar do outro. Esta Lua confere elegância, porte e bom gosto no vestir.Pessoas com Lua em Libra possuem memória invejável, raciocínio habilidoso e diplomacia admirável, sendo capazes de apaziguar conflitos chegando a acordos geralmente satisfatórios para ambas as partes, pois possuem um senso de democracia inato.A Lua em Libra também gera uma preocupação bastante grande em relação ao casamento, podendo deixar estas pessoas um tanto quanto angustiadas em relação ao amor e ao comprometimento. Procurando constantemente seu “par ideal”, sua “cara metade”.Esta Lua no mapa demonstra segurança e satisfação em situações de parceria ou de interação com o público, reagindo mal e tornando-se superficial, blasé e descompromissada em situações críticas, radicais e grosseiras. A Lua experimenta em Libra a agradável experiência de transitar pelo segundo território da Vênus. Ainda que este seja uma das moradas do planeta do amor, estamos falando de uma energia de elemento ar, ou seja, as emoções e a sensibilidade da Lua passam pelos filtros da compreensão racional, semelhante ao que acontece com Gêmeos e Aquário. Os nativos com esse posicionamento sentem um impulso interior para se socializar e se relacionar, mas mesmo quando procuram construir uma relação amorosa não sentem o romance em sua forma pura à flor da pele. Amam em busca de equilíbrio, pois sentem que sua vida faz mais sentido quando compartilhada. É claro que dessa percepção podem surgir boas amizades baseadas em companheirismo, o importante é não se sentirem sozinhos. Para esses nativos, a reciprocidade das relações é imprescindível. Não havendo tal características, o sofrimento pode vir pela tentativa de compensar o não retorno do outro, doando-se excessivamente para balancear a relação. Perdem a noção de suas reais necessidades, abrem mão de coisas importantes para si em prol de alguém que não corresponde aos seus sentimentos. Estranhamente, quando encontram uma pessoa que lhes ofereça mais do que esperam, podem se afastar porque não aprenderam a receber o amor que merecem. Ademais, são pessoas muito educadas, cativantes, amantes de boa conversa. Muitas vezes omitem suas opiniões para evitar conflitos sérios, pois detestam violência. O melhor caminho para a manutenção de seu equilíbrio interno é o diálogo sincero, a expressão de suas ideias e a autovalorização acima da preocupação do julgamento alheio sobre suas condutas e escolhas. Precisam se conhecer com maior profundidade, porque tendem a se tornarem muito indecisos. Em casos extremos de desequilíbrio, perdem o sono e sofrem crises de ansiedade. É também uma boa Lua para a arte e a diplomacia. O posicionamento da Vênus no mapa natal é essencial para esses nativos. Indecisa, racional, analítica, apegada e com sentimentos leves, dificilmente são pessoas desiquilibradas, quando mal aspectada, se torna uma lua invejosa, negativa, manipuladora.


Lua em escorpião: Pessoas com Lua em Libra têm atração pela vida social e gostam de estar sempre rodeados de pessoas. Esta Lua busca sempre por reciprocidade nas relações e tem necessidade de companhia, de contato social, de ser aceita e de se sentir apreciada.Quem tem Lua em Libra geralmente se expressa de maneira refinada, usando charme, sedução, amabilidade, boa aparência e refinamento para se aproximar do outro. Esta Lua confere elegância, porte e bom gosto no vestir.Pessoas com Lua em Libra possuem memória invejável, raciocínio habilidoso e diplomacia admirável, sendo capazes de apaziguar conflitos chegando a acordos geralmente satisfatórios para ambas as partes, pois possuem um senso de democracia inato.A Lua em Libra também gera uma preocupação bastante grande em relação ao casamento, podendo deixar estas pessoas um tanto quanto angustiadas em relação ao amor e ao comprometimento. Procurando constantemente seu “par ideal”, sua “cara metade”.Esta Lua no mapa demonstra segurança e satisfação em situações de parceria ou de interação com o público, reagindo mal e tornando-se superficial, blasé e descompromissada em situações críticas, radicais e grosseiras. As águas turbulentas do signo de Escorpião aprisionam a Lua num rodamoinho onde é preciso muita força de vontade para dele se safar. Assim são os nativos que nascem com a Lua em Escorpião em relação as suas próprias emoções. Em um momento tudo parece estar sob controle, mas de repente eles se sentem arrastados num vórtice que tenta levá-los às profundezas de si. Essas pessoas nascem para vencer um grande desafio emocional que as coloca sob as altas pressões do inconsciente, travando uma guerra consigo mesmo para conseguir sobreviver ao seu passado, a sua solidão ou a sua obsessão. Muitos deles experienciam na primeira parte da vida o abandono, o abuso, a repressão, a violência e o medo dentro do próprio lar. Alguns têm que lidar precocemente com a morte e com a negligência, outros apenas sentem que foram trocados, deixados de lado e pouco nutridos pelo afeto familiar. Sua sexualidade é levada aos extremos do bloqueio ou da satisfação, sendo internamente muito intensa porque é a manifestação de sua força vital. Nativos com a Lua em Escorpião são sobreviventes. Vivem seus instintos e paixões, e pelo medo de reviver o abandono prendem as pessoas que amam junto de si.São pessoas de grande magnetismo pessoal que atraem naturalmente o interesse daqueles que se aproximam. São também psíquicas e intuitivas, dotadas de uma inteligência ímpar. senso de observação e olhar estratégico, especialmente no plano mental. Quando não trabalhadas as emoções, sempre intensas e turbulentas, podem se tornar agressivas inclusive com elas mesmas. Envolvem-se facilmente em dependências emocionais e vícios, sinalizando um comportamento autodestrutivo. Sentem-se sozinhas, incompreendidas e desconfiam de qualquer ajuda externa. Reservados, os nativos com a Lua em Escorpião guardam grandes segredos e só se abrem para aqueles que julgam merecer sua preciosa confiança. Ao contrário do que imaginam, são pessoas fiéis, e quando traem é mais pelo desejo de vingança do que qualquer outra coisa ou, não raro, por não se sentirem valorizados. Em muitos casos, torturam-se imaginando cenas que jamais aconteceram e correm o risco de acreditar nas próprias teorias. Como todo astro no signo de Escorpião, a Lua proporciona aos seus nativos a maior capacidade de transmutação emocional de todo o zodíaco, permitindo o renascimento de um ser humano apto a curar as feridas do mundo e a transformar a dor do trauma em perdão. Nesse processo, deixam de julgar as pessoas pelo seu lado negativo compreender suas sombras e devolver-lhes à esperança. O posicionamento de Marte é essencial para essa Lua. Intensa, profunda, magnética, muito sensual e de extremos, 8 ou 80, se doa de corpo e alma, quando bem posicionada, esta sempre se inovando e renascendo, mal aspectada é extremamente destrutiva e manipuladora.


Lua em sagitário: Geralmente as pessoas com Lua em Sagitário sentem uma profunda necessidade de entusiasmo e de vislumbrar um mundo mais justo, um futuro melhor, novos horizontes, alvos longínquos e resultados positivos.Quem tem Lua em Sagitário geralmente irá estabelecer metas e desafios grandiosos, aventurando-se em suas conquistas. Sente a necessidade de viver em lugares amplos e espaçosos. Vida ao ar livre, prática de exercícios físicos, dança ou caça são ideais para quem possui esta Lua de espírito curioso e aventureiro.Pessoas com Lua em Sagitário irão se sentir seguras e satisfeitas quando estimuladas por alguma busca, seja de conhecimento teórico ou do sentido da vida. Precisam de ambientes e atividades que exalem otimismo, fé e alto astral. Gostam de ter suas opiniões respeitadas e de se sentirem triunfantes.Porém, esta Lua não lida muito bem com situações restritivas, mesquinhas, rotineiras, repetitivas ou dramáticas, entediando-se com facilidade e reagindo às pressões emocionais com impaciência, irritabilidade, arrogância, inconsequência e alienação.Pessoas com Lua em Sagitário devem prestar atenção redobrada a tendência a exceder limites e de correr riscos não necessários. Sagitário é um signo do elemento fogo de modalidade mutável. Ao receber o ingresso da Lua, fornece um meio ideal para que esta queime em uma chama que parece ter vida própria. O Sol fornece o calor, a Lua derrama as emoções e Sagitário atua como o oxigênio dessa combustão. Essa imagem representa a alma de aventura dos nativos nascidos sob essa Lua, dotada de uma chama interior que não se apaga mesmo sob a mais forte tormenta. Ela se alastra atrás de seus objetivos como uma flecha incandescente rumo ao seu alvo. Trata-se de uma Lua de grande ânsia por liberdade, tal qual o fogo que não se contenta em morrer derretendo uma só vela. Os nativos com a Lua em Sagitário são pessoas de grande fé pessoal e otimismo, procurando sempre ver o melhor lado de uma situação e encontrar as saídas para seus problemas, normalmente sem muito planejamento. O maior perigo, entretanto, é tornarem-se pessoas inconsequentes e colocarem sua liberdade pessoal acima das responsabilidades mundanas, causando estragos irreparáveis no processo como um incêndio descontrolado.Esses nativos possuem grandeza de espírito, valorizando muito a ética, a verdade e a sinceridade. Sentem-se extremamente infelizes quando não estão sendo autênticos com os próprios propósitos de vida como se suas almas estivessem aprisionadas. De um modo prático, necessitam de espaços abertos onde possam ver o horizonte, especialmente estando meio à natureza. Alguns tornam-se claustrofóbicos ou sofrem de falta de ar quando se veem sem saída em uma situação, chegando ao desespero. Os nativos com a Lua em Sagitário exageram muito suas emoções e perdem a noção da realidade, seja em suas paixões, alegrias ou angústias. Possuem um lado infantil que se diverte com bobagens e passam boa parte do tempo em festas. Realiza-se emocionalmente nas viagens, na experiências que lhe proporcionam a sensação de risco e liberdade. Sentirão, ao longo da vida, vontade de jogar tudo para o alto e partir sem rumo na estrada. Precisam amadurecer esse lado e encarar as consequências de seus atos. Filósofos naturais, os nativos com a Lua em Sagitário contemplam o Universo através de seus pensamentos mais profundos. Interessam-se por literatura, religião e política, mas nem sempre desenvolvem conhecimentos sólidos acerca desses assuntos.O posicionamento de Júpiter é essencial para essa Lua. Livre, emocionalmente desapegada, tem muita fé no que quer que acredite (ou não), fluida, adaptativa, mal aspectada é irresponsavel, mandona e sem noção.


Lua em capricórnio: Geralmente as pessoas com Lua em Capricórnio , para se sentirem bem, necessitam de segurança material, estabilidade, solidez e situações confiáveis, pois são muito apegados aos valores tradicionais e dificilmente se lançam em aventuras, especialmente no campo afetivo.Pessoas com Lua em Capricórnio têm ânsia de fazer as coisas acontecerem, galgam metas ambiciosas e posição de poder. São conservadoras, disciplinadas, práticas, pragmáticas eassumem seus compromissos com responsabilidade. Buscam controlar seus instintos e seu desenvolvimento, administrando cautelosamente o progresso que fazem.Mulheres com Lua em Capricórnio poderão ter dificuldade para engravidar ou terão filhos quando forem um pouco mais velhas, após terem conquistado uma carreira mais estável. No caso dos homens, há muita discrição no campo sentimental, e esta Lua procurará uma esposa do tipo tradicional, reservada e “do lar”.Quem tem Lua em Capricórnio geralmente usa sua ambição e grande aptidão para se dedicar ao trabalho e poderão se sentir atraídos pela política e conseguir boa popularidade, alcançando postos elevados na administração pública. A Lua é o luminar feminino que, ao ser fecundada pela luz do Sol, gera a vida, nutrindo seus filhos para que cresçam protegidos e saudáveis. Ao entrar no primeiro domicílio de Saturno, Capricórnio, a Lua encontra um solo árido e infértil, onde sua energia anímica se esvai, e com ela, sua sensibilidade. A Lua tem seu detrimento no signo de Capricórnio porque percebe nele terá que reagir aos estímulos mais práticos e duros da vida para um dia poder voltar ao seu abrigo emocional. Os nativos nascidos com esse posicionamento passam por experiências de restrição, excesso de responsabilidade ou distanciamento. Talvez tenham tido uma infância de miséria e falta, seja ela financeira ou afetiva, na qual se viram forçados a amadurecer mais rápido suas emoções, não no sentido de torná-las aptas a amar com leveza e entrega, mas justamente ao contrário: desconfiam, controlam-se, protegem-se para que não se percam em suas paixões. Poderíamos dizer que esses nativos “economizam” seus sentimentos, muitas vezes chegando à mesquinhez de não compartilhar seus afetos com ninguém. Com o tempo, precisam aprender a permitir o florescimento de suas emoções e, principalmente, aprender a receber o amor das muitas pessoas que passarão em sua vida. A Lua em Capricórnio lida com a vida de forma muito prática. Seus nativos são resilientes e não baixam a cabeça diante das dificuldades, cultivando dentro de si a ambição de crescerem e alcançarem algum status. São meticulosos e possuem um forte senso de realidade, resgatando as pessoas de suas ilusões. Muitas vezes são eles que, diante de alguém cego por suas próprias emoções, “dão-lhe um tapa na cara” e abrem seus olhos para os fatos do mundo. Não possuem empatia para dramas, derrotismos e vitimizações. Para muitos isso pode parecer frieza, mas na verdade é a sabedoria de que a existência requer resistência. Os nativos com a Lua em Capricórnio transparecem a imagem de “durões”. Escondem, entretanto, suas vulnerabilidades e sua sensibilidade emocional. Sentem um vazio que parece nunca ser preenchido, mas temem encarar seu abismo interior e descobrir um oceano de afeto pronto para transbordar. Nesse estágio, podem desprezar a si mesmos por entender essa fonte de amor como fraqueza. Por isso, são pessoas orgulhosas, que não dão o braço a torcer e não admitem facilmente seus sentimentos. Quem se relacionar com esses nativos devem ter paciência, porque tudo no território de Saturno leva tempo para acontecer, e não é diferente com o fluxo emocional da Lua. Aos poucos, eles vão se entregando e se permitindo, aceitando o amor que lhes foi outrora negado. O amor conquistado será sólido, estável e perdurará. Se, do contrário, não trabalharem suas emoções, torna-se-ão pessoas interesseiras, secas e cada vez mais ranzinzas.O posicionamento de Saturno é essencial para essa Lua. Tenra, dura, emocional ao extremo porém muito fria consigo mesma (característica de luas saturninas), são expertos, geralmente são almas velhas ou almas que precisam amadurecer rápido, no aspecto negativo, é uma pessoa pessimista e chata.


Lua em aquário: Geralmente as pessoas com Lua em Aquário são muito sociáveis, amáveis, adoram os amigos e são muito populares, também possuem imaginação fértil, espírito inovador, mente alerta e intuitiva, com facilidade de assimilação.Os indivíduos com esta posição astrológica no mapa natal são muito ativos e gostam de estar em movimento. Têm grande capacidade para antecipar tendências e aplicá-las em suas atividades sociais ou intelectuais. A Lua em Aquário confere uma especial aptidão para o trabalho com movimentos humanitários e com eletroeletrônica.Quem tem Lua em Aquário prefere preservar-se emocionalmente e lida melhor com situações em que tenha liberdade de pensamento e expressão. Sente-se bastante desconfortável com rotinas excessivas, monotonia, padrões pré-estabelecidos e relações afetivas opressoras ou dramáticas. Lida mal também com intimidade ou demonstrações físicas de afeto.Pessoas com Lua em Aquário, quando em posição desfavorável ou quando se sentem constrangidas, reagem bruscamente, rompendo relações, compromissos e vínculos. Devem tomar cuidado com a tendência a mudanças repentinas, rebeldia e autoritarismo. Geralmente as pessoas com Lua em Aquário são muito sociáveis, amáveis, adoram os amigos e são muito populares, também possuem imaginação fértil, espírito inovador, mente alerta e intuitiva, com facilidade de assimilação.Os indivíduos com esta posição astrológica no mapa natal são muito ativos e gostam de estar em movimento. Têm grande capacidade para antecipar tendências e aplicá-las em suas atividades sociais ou intelectuais. A Lua em Aquário confere uma especial aptidão para o trabalho com movimentos humanitários e com eletroeletrônica.Quem tem Lua em Aquário prefere preservar-se emocionalmente e lida melhor com situações em que tenha liberdade de pensamento e expressão. Sente-se bastante desconfortável com rotinas excessivas, monotonia, padrões pré-estabelecidos e relações afetivas opressoras ou dramáticas. Lida mal também com intimidade ou demonstrações físicas de afeto.Pessoas com Lua em Aquário, quando em posição desfavorável ou quando se sentem constrangidas, reagem bruscamente, rompendo relações, compromissos e vínculos. Devem tomar cuidado com a tendência a mudanças repentinas, rebeldia e autoritarismo. Amor incondicional, utopia, sentimentos intensos que não podem ser expressados, criação, destruição, ao contrario da lua em escorpiao, nao possui extremos, então é difícil dizer se o nativo esta bem ou mal. Negativamente é chata, “diferentona”, fria e calculista.


Lua em peixes: Geralmente as pessoas com Lua em Peixes possuem uma imaginação fértil, são sonhadoras, impressionáveis e têm atração pelo misticismo, esoterismo e pelo oculto.Lua em Peixes traz mediunidade e uma elevada percepção dos outros e dos ambientes. Estas pessoas sentem e pressentem tudo. Se emocionam excessivamente com tudo e acabam se tornando muito sensíveis ao meio.Quem tem Lua em Peixes é sentimental e tem compaixão por aqueles que sofrem, assim, poderá se dedicar a obras caridosas ou escolher como profissão áreas ligadas a hotelaria, bares e restaurantes, assim como ocupações ligadas ao mar. Poderá usar seus dons também em trabalhos ligados ao imaginário, como teatro, cinema e fotografia que necessitam de imaginação e criatividade.Pessoas com Lua em Peixes, frente a pressões emocionais, podem apresentar excesso de carência, fragilidade, baixa autoestima, excesso de fantasia e escapismo à realidade. Por isso, devem cuidar de sua hipersensibilidade, respeitar seu ritmo sutil e não desprezar suas intuições e seus pressentimentos. Ao refletir a luz do Sol para o signo de Peixes, a Lua abre um portal que a leva a um outro mundo, feito de sonhos e fantasias. Nele, o luminar noturno descobre seu lado mais criativo e permite-se se desprender da lógica para usar sua imaginação sem limites. Sua mente cria um universo particular onde até mesmo ela pode deixar de ser quem é, incorporando uma persona num cenário criado em seus pensamentos mais íntimos. Perde-se em devaneios e se distrai facilmente da realidade material, incapaz de entender as malícias das pessoas e lidar com burocracias ou atividades que exijam muita concentração. Possui, dentro de si, uma grande inocência e acredita sempre no lado bom de quem se aproxima, iludindo-se ou criando uma imagem que não corresponde à real. É uma Lua romântica e sonhadora.Os nativos com a Lua em Peixes também são muito sensíveis às dores da humanidade, conectam-se involuntariamente por meio da compaixão, absorvendo a energia do ambiente como se esta lhe fosse um sentimento próprio. Ofendem-se com facilidade, pois possuem uma alma indefesa e vulnerável, mas perdoa mesmo após grande sofrimento infligido. Esses nativos podem se sacrificar pelos outros tamanho o amor que vive em seus corações. São seres humanos intuitivos e psíquicos capazes de acessar outros níveis de existência, tornando-se pessoas místicas, religiosas e, não raro, ótimos artistas. Pouco ligados à realidade, aqueles que receberam os auspícios dessa Lua em seu nascimento correm o risco de se perderem em vícios ou em falsas memórias criadas pela sua propensão à dramaticidade.A Lua em Peixes faz seus nativos sentirem uma forte necessidade de suas expressões internas. Qualquer trabalho feito por eles deve ter uma ligação direta com sua criatividade e com a fluidez das suas emoções. Eles detestam sabotar a própria liberdade de pensar às custas da rotina e das tarefas mecânicas. Se a Lua não for desafiado por planetas maléficos, é natural que seus nativos possuam motivações ligadas à fé e ao otimismo.Normalmente, veem a própria mãe como uma pessoa de características piscianas. Alguns chegam inclusive a se decepcionar com a figura materna ao longo da vida.O posicionamento de Júpiter é essencial para a melhor compreensão dessa Lua. Emoção, profundidade, mistério, amor, apego e desapego, quando mal aspectada são manipuladores e tem tendências ao escapismo.

Os Planetas – Órgãos Celestes e Suas Funções

Sistema solar

O movimento cíclico dos planetas do nosso sistema solar fornece as variáveis ​​fundamentais da astrologia. Os planetas são os centros de significado básico de um mapa astrológico, simbolizando funções orgânicas encontradas em todas as formas de vida. Como os órgãos e glândulas do corpo, cada um deles desempenha um papel essencial na regulação dos processos naturais, e suas atividades devem ser bem coordenadas e equilibradas para sustentar a saúde e a integridade.

Tudo é necessário e apropriado em seu lugar , em harmonia com todo o sistema. Inibir ou exagerar a ação de qualquer órgão vital ou glândula e resultados de doença. Da mesma forma com os planetas astrológicos, cada um é interconectado com todos os outros planetas, e cada um tem seu lugar e função única e essencial no todo. Saturno (o “grande maléfico” da astrologia tradicional) é tão “bom” e tão necessário quanto Júpiter (astrologia clássica “grande benéfico”), o problema surge apenas quando a função simbólica de um planeta é inibida, reprimida, mal dirigida ou atua contra o bem-estar do todo.

Na linguagem simbólica da astrologia , os planetas não são considerados como causais ou agências de controle, os planetas não “fazem as coisas acontecerem”. Em outras palavras, embora se diga que o coração humano é o análogo biológico do Sol na astrologia, O Sol não faz o coração bater, não mais do que o relógio na minha parede faz com que eu sinta fome quando indica horário de jantar. A correspondência simbólica entre o coração humano e o Sol é holística e simbólica em vez de causal, o coração serve uma função em nossa biologia semelhante ao Sol no sistema solar.

Vivemos num universo quântico que funciona de forma muito diferente da clássica visão de mundo força-contra-força da ciência do século XIX. É um universo no qual a ressonância , e o que o eminente físico David Bohm chama de ordem implicada , mantém as coisas unidas e permite que todas as partes de um todo se comuniquem e informem umas às outras e ao todo. Deste ponto de vista, os planetas astrológicos podem ser imaginados como radiante, como gong-como centros de poder. O tom de cada gong planetário opera em um certo nível ou oitava. Um gongo soa um tom unitário composto por uma multiplicidade de notas. Cada um dos planetas astrológicos soa um tom único, fundamental ou qualidade que compreende uma multiplicidade de atributos e funções. Em sua união, os planetas astrológicos formam uma orquestra celeste, o tom de cada um interagindo com os outros.

De acordo com a abordagem holística e humanista em que se funda esta obra, não existe tal coisa como bons ou maus planetas, signos ou aspectos. Tudo é apropriado e necessário em seu lugar. Desde a década de 1960, a perspectiva básica e filosofia da astrologia humanista filtrou-se para o nível popular e influenciou a literatura astrológica em geral. Enquanto Marte, e especialmente Saturno, ainda são muitas vezes atribuídos atributos muito negativos na literatura astrológica contemporânea, não é mais moda considerá-los como “malefic” – como os “bandidos” em um horóscopo. Livros astrológicos hoje geralmente fornecem tabulações extensas e descrições dos atributos “negativos” dos planetas. Alguns tentam uma abordagem mais sofisticada, identificando os planetas como “deuses” e tabulando os atributos do planeta quando “desonrados”. De qualquer maneira, a mensagem implícita é que os planetas, signos, casas e aspectos astrológicos possuem atributos e qualidades inerentemente positivos e negativos.

Nós vamos um grande passo além da atitude tradicional que sustenta que os planetas astrológicos carregam qualidades positivas e negativas. As funções simbolizadas pelos planetas na astrologia, e similarmente as qualidades das energias humanas simbolizadas pelos signos do zodíaco, simplesmente são. Simplesmente não existe tal coisa como energias negativas de Saturno ou energias negativas de Escorpião. Marte não tem um lado inerentemente “mau” ou negativo, nem qualquer outro planeta. Podemos usar mal a função de Marte ou as energias Escorpião, produzindo resultados indesejáveis, prejudiciais e geralmente negativos, mas as funções e energias não são inerentemente negativas em si mesmas. As funções de qualquer planeta astrológico podem ser abusadas, desviadas, inibidas ou reprimidas de uma miríade de maneiras; No entanto, parece haver apenas alguns modos de comportamento e reações a situações típicas dos bloqueios e distorções das funções simbólicas de um determinado planeta.

Famílias e Grupos Planetários

As luzes

Na astrologia, o Sol e a Lua são referidos como planetas, principalmente por conveniência, mas também porque se movem contra o nosso céu geocêntrico (centrado na terra). Como o significado etimológico da palavra “planeta” é “vagar”, fazia sentido para os antigos astrólogos que formularam muito do jargão e da terminologia da astrologia para se referirem ao Sol e à Lua como planetas. No entanto, o Sol ea Lua recebem status especial em astrologia, juntos são conhecidos como as Luzes. Eles simbolizam os fatores vivificantes e formadores da existência. Em certo sentido, eles são os artistas solo da orquestra planetária celeste. O Sol, o manancial da energia vital, representa a vontade eo propósito de toda a vida que seu poder sustenta. A Lua, representando experiências de vida em constante mudança, simbolicamente dá forma e alimenta o propósito solar. Juntas, elas representam a atividade bipolar encontrada no núcleo de todas as formas de existência-força-vida como um poder unitário e a distribuição de poder para onde for necessário. Sua relação cíclica especial – o ciclo da lunação, da lua nova à lua cheia até a lua nova.

Na linguagem simbólica da astrologia, os planetas não são considerados como causais ou agências de controle, os planetas não “fazem as coisas acontecerem”. Em outras palavras, embora se diga que o coração humano é o análogo biológico do Sol na astrologia, O Sol não faz o coração bater, não mais do que o relógio na minha parede faz com que eu sinta fome quando indica horário de jantar. A correspondência simbólica entre o coração humano e o Sol é holística e simbólica em vez de causal, o coração serve uma função em nossa biologia semelhante ao Sol no sistema solar.

Há uma ordem e uma consistência profundas subjacentes às funções e atributos que a astrologia atribui aos planetas. A base para o simbolismo de um planeta reside na sua posição dentro do sistema solar como um todo, bem como sua cor, tamanho e suas características orbitais. Os planetas podem ser divididos em três grupos característicos, com base nas suas posições no sistema solar e distância do Sol. Cada grupo representa um tipo geral de consciência – nossa consciência pessoal interna; Nossa consciência do mundo exterior, social; E nossa consciência coletiva e transcendente.

Os Planetas Internos ou Pessoais

Planetas e Consciência

Este grupo consiste nos planetas dentro da órbita da Terra: Sol, Mercúrio, Vênus e, em um sentido especial, a Lua. Eles se movem rapidamente através do espaço zodiacal, correspondendo com o ritmo rápido de sempre em constante mudança circunstâncias diárias. Este grupo opera amplamente, mas não exclusivamente, na esfera pessoal, representando nossas faculdades pessoais e nossa consciência do mundo interior e sua paisagem. Operando internamente, o deles é um movimento centrípeta que atinge o eu centralizador. Neste contexto, a Sun representa o seu propósito principal e o seu sentido de si, e a sua energia pessoal e vitalidade. Em seguida, Mercúrio diferencia a sua energia solar primária, produz energia bi-polar, elétrica, mental. Mercúrio simboliza processos de pensamento e associações mentais. Vênus adiciona valores pessoais, ideais e objetivos na mistura. O primeiro planeta dentro da órbita da Terra, representa todo o movimento interior e tenta chegar ao centro. A Lua, que passa metade do seu tempo dentro da órbita da Terra e metade do seu tempo fora da órbita da Terra, é o princípio mediador do ajuste, ligando as esferas pessoal e social.

Os Planetas Sociais

Estes são os planetas visíveis clássicos além da órbita da Terra: Marte, Júpiter e Saturno. Enquanto os planetas interiores simbolizam um movimento interior em direção ao eu, os planetas sociais representam a atividade e a participação externas. Eles representam a consciência do mundo exterior. Estes planetas em movimento lento (Marte tem uma órbita de 2 anos, Júpiter é de 11 anos e Saturno tem uma órbita de 29 anos) se relacionam com funções e atividades que colocá-lo dentro de um contexto social, em situações que exigem ambição e interação com os outros. Marte, o primeiro planeta fora da órbita da Terra, simboliza todas as formas de ação externa e mobilização. Júpiter expande o campo externo de atividade. Representa a participação ea esfera social em geral, eo que ela pode lhe dar. Saturno é o planeta mais externo visível à visão humana sem ajuda. Simboliza o princípio da forma e da definição. Saturno é o princípio vinculativo que estrutura e mantém as coisas unidas. No nível biológico, representa a pele, o cabelo eo osso que prende seu corpo junto e dá-lhe uma forma e uma aparência originais. No nível social, Saturno simboliza as leis, tradições e identidade especial de uma sociedade ou grupo social.

Os Planetas Coletivos ou Transcendentais

Este grupo é composto por três planetas conhecidos fora da órbita de Saturno e além do alcance da visão humana: Urano, Netuno e Plutão. Operando em grande parte em uma esfera transcendente, eles se referem à consciência das forças coletivas e universais operando nos bastidores agidos por Marte, Júpiter e Saturno. Eles são corpos muito lentos (Urano tem uma órbita de 84 anos, a órbita de Netuno é de 165 anos e leva Plutão 246 anos para orbitar o Sol), e eles funcionam principalmente em um modo coletivo, histórico, inconsciente ou transformador. Urano, primeiro planeta além de Saturno, simboliza a quebra de barreiras. Urano representa transformações e revoluções – internas e externas – e as invenções que alteram nossas vidas e relacionamentos. Em nossas personalidades, é o implacável desejo de ir além de qualquer limitação. Neptuno representa processos universalizantes e dissolventes, e nossas faculdades transcendentes e experiências místicas ou psíquicas. Plutão é o testador cósmico e integrador. Ele testa a aptidão para operar em uma ordem mais elevada, mais inclusiva, e reintegra o material psíquico Urano transformado e Netuno universalizado em torno de um novo centro de ser e propósito.

Particularidades e Universais

Os planetas também podem ser divididos em dois grupos: Sol a Saturno, lidando com o reino dos particulares – consciência de coisas particulares, pessoas e experiências; E a tríade trans-saturniana de Urano, Netuno e Plutão, representando os princípios universais do reino.

Três Octavas de Vibração Planetária

Agrupamento de planetas como pares e tríades fornece uma chave poderosa para desbloquear a dinâmica psicológica de um gráfico de nascimento. Uma próxima série sobre pares planetários e tríades será apresentada no CyberWorld Khaldea, mas por agora você pode descobrir as coisas por si mesmo com a ajuda do diagrama que acompanha.

Vibrações planetárias

O Sol, Lua e Saturno são um grupo natural. O Sol no centro do nosso sistema solar, a Lua que define o reino “sublunar” da Terra e Saturno, o planeta visível mais exterior, simbolizando a definição e a limitação. Estes planetas são chaves para a compreensão dos complexos parentais e questões de segurança. Urano, o primeiro planeta além de Saturno, também pode ser par com Saturno, e juntos eles fornecem um símbolo da interação de estabilidade e mudança radical. Júpiter e Saturno, embora não emparelhados no diagrama, são um par importante, representando instituições sociais, econômicas, políticas e religiosas e as autoridades que as dirigem.

Vênus e Marte são um par óbvio, os primeiros planetas dentro e além da órbita da Terra. Juntos, eles são chaves para nossas vidas emocionais, criativas e sexuais. Plutão se liga ao par em uma oitava “superior”, sugerindo que nossas naturezas criativas e sexuais muitas vezes nos levam a expressar nossas qualidades mais intensas. . . Para melhor e para pior!

Como um par, Mercúrio e Júpiter simbolizam nossas faculdades de associação (Mercúrio) e participação (Júpiter). Netuno figura como um aspecto “superior” do par, simboliza música, compulsões religiosas e psiquismo (a rede psíquica e sua poderosa energia de ligação) que ligam uma cultura. . . E muitas vezes mantém seus membros em escravidão psicológica.

Existem outras combinações válidas, e há quarenta e cinco pares no total. Não se preocupe se tudo isso não faz todo o sentido para você neste momento. À medida que você lê as seções sobre os planetas individuais, toda a imagem assumirá características mais claras. Por enquanto, é importante compreender apenas a estrutura coerente e holística sobre a qual derivamos o simbolismo dos planetas individuais.

Períodos retrógrados

Retrocessão

A astrologia vê os planetas a partir de uma perspectiva geocêntrica (centrada na terra) porque vivemos na Terra e a astrologia natal requer um sistema “centrado na pessoa” que retrata o espaço que cerca o nascimento de uma pessoa. O sistema geocêntrico, no entanto, dá origem ao fenômeno da retrogradação planetária. Diz-se que um planeta é retrógrado quando seu movimento do dia-a-dia parece estar se movendo no céu contra o movimento dos outros planetas. O Sol e a Lua nunca são retrógrados, mas todos os outros planetas gastam uma certa quantidade de tempo todos os anos retrógrados. Veja a barra lateral acompanhante para uma descrição gráfica do fenômeno.

Quando um planeta é retrógrado, sua função simbolicamente corre contra a corrente natural . Seus processos podem ser voltados para dentro, mais ou menos poderosamente impactando a personalidade, ou pode encontrar um canal incomum para a expressão externa. Cada planeta assume seus próprios atributos especiais quando retrógrado, e depende muito de como o planeta retrógrado é colocado dentro do gráfico como um todo, bem como o sexo da pessoa. Vênus retrógrada, por exemplo, carrega um simbolismo muito diferente na carta de nascimento de uma mulher do que faz no horóscopo de um homem. Antes de terminar este livro, você terá uma boa compreensão sobre como interpretar o significado de planetas retrógrados em qualquer situação horoscópica.

Planetas superiores

Um planeta é dito ser estacionário durante o começo e o fim de um período retrógrado. É o momento de transição quando ele parece estar imóvel antes de mudar de direção. A função simbólica do planeta é intensificada e particularmente focada durante os dias em torno de sua estação.

Em um sentido geral, o período retrógrado de um planeta representa um tempo para repensar nossos passos , aprender com a experiência do passado, resolver dificuldades no departamento de vida representada pelo planeta retrógrado. No caso de um planeta natal retrógrado, esse processo é muitas vezes internalizado . A pessoa pode estar muito preocupada com as questões, funções e processos simbolizados pelo planeta retrógrado, e tenta compreendê-los, internalizá-los e integrá-los no tecido de sua vida e personalidade.

Uma base para o contraponto e as características internalizadas de um planeta retrógrado são fornecidas pelo fato astronômico de que os planetas são retrógrados somente quando são mais ou menos opostos ao Sol. Conforme ilustrado no diagrama anexo, com exceção da Lua, todos os planetas que se opõem ao Sol em um horóscopo são retrógrados.

Nos últimos anos, tem sido dada muita atenção aos períodos retrógrados dos planetas de trânsito, especialmente Mercúrio. Infelizmente, muito do que filtrou para baixo ao nível popular tem uma qualidade de “desgraça e melancolia” que tende para a auto-realização. Como discutido em profundidade na Parte Quatro, não há substância – nem na tradição astrológica ou na observação do mundo real – nas afirmações de que Mercúrio retrógrado causa falha mecânica, informática e eletrônica. Podemos estar mais propensos ao erro durante tais momentos, mas não há raios misteriosos contra os quais estamos indefesos estão lá fora impressionante e batendo-out nossos computadores e linhas de comunicação.

Os planetas e seus símbolos

A apresentação que se segue destina-se a facilitar uma compreensão pessoal dos princípios fundamentais e significados essenciais dos planetas astrológicos. Os fragmentos ou as petiscos memorizados recolhidos dos livros de receitas astrológicos podem tomá-lo somente até agora, e explicam raramente como e porque suas interpretações se adequam a qualquer dado fator astrológico. Ao longo deste volume, o foco está em ajudar você a entender direta e internalizar os princípios na base da astrologia, para que possa significativamente aplicá-los em qualquer situação.

Manter as coisas essenciais realmente torna mais fácil para você ver as conexões entre os muitos atributos e qualidades atribuídas a cada planeta. Além das modernas interpretações humanistas, a maioria dos atributos tradicionais de um planeta também são fornecidos nas páginas seguintes, bem como as pessoas, lugares e coisas que tradicionalmente corresponde a cada planeta.

Algumas palavras a respeito de como o significado de um planeta difere para homens e para mulheres é dada na maioria dos casos. Geralmente, os tons de significado atribuídos ao Sol, Lua, Vênus, Marte e Saturno mudam de acordo com o contexto de gênero. Quando apropriado, também são dadas idéias sobre como interpretar o significado de um planeta quando seu movimento é retrógrado. Gênero e matizes retrógrados, no entanto, não são fornecidos aqui para Urano, Netuno e Plutão, porque seu significado geral é mais geracional do que individual. Sombreamento de gênero tornar-se significativo para estes três planetas apenas quando eles são vistos no contexto do horóscopo como um todo.

O sol

dom

A força centralizadora que sustenta, integra e confere o propósito à existência individual. O Sol simboliza o princípio da individualidade e será necessário para participar criativamente em um todo maior.

Atributos Tradicionais

O sol

Afinidade Zodiacal: Leão

Casa Afinidade: 5

Polaridade : Masculino

Cores: laranja, ouro e amarelo profundo

Anatomia: Glândula pituitária anterior, coração e artérias, e medula espinhal. Força vital.

Metal: Ouro

Gema: Diamante e rubi

Astronomia: O centro do nosso sistema solar, o Sol é também uma estrela galáctica . A eclíptica do zodíaco é o trajeto anual aparente do Sol através do céu.

Pessoas: Executivos, líderes, CEOs e chefes de estado. Pessoas em cargos governamentais e em posições de honra. O marido e os amantes do sexo masculino, porque o Sol representa o princípio masculino central.

Coisas: Qualquer coisa valiosa ou escassa. Itens ou questões de especial importância.

Simbologia: O glifo para o Sol é o círculo de unicidade e potencialidade infinita com um ponto no centro, dando ao potencial solar um foco finito.

O Sol no horóscopo de um homem representa sua auto-imagem residual.

O Sol no horóscopo de uma virgem simboliza o pai. Para uma mulher madura, o Sol representa o marido ou amante, e as qualidades ideais que ela procura nos homens.

Robert Graves , George Bernard Shaw , ea mulher liberada cedo, Victoria Woodhall , têm Sun enfatizado em suas cartas de nascimento.

Vitalidade, poder pessoal e liderança. Atividades e coisas associadas ao sucesso pessoal e satisfação. Grandeza, dignidade, sabedoria, eminência, generosidade, domínio, honra e fama. Força de vontade. A personalidade ou ego. Paternidade e princípio masculino. O princípio solar é representado pelos deuses solares e imagens pai-divino das muitas tradições: Ra dos egípcios, Surya dos hindus, Helios dos gregos e outros.

Interpretação Humanística

O Sol representa o tom básico ou a vibração da própria individualidade. Em uma carta de nascimento simboliza o poder de raiz que sustenta a pessoa inteira. Não indica necessariamente como os outros o percebem, como se apresentam na vida cotidiana ou como lidam com a multiplicidade das exigências do dia-a-dia – todas elas são melhor simbolizadas pela Lua. Em vez disso, o Sol representa o seu objectivo principal na vida, ea qualidade da vontade necessária para realizar e cumpri-lo. O Sol é o princípio integrador que fornece propósito e direção na vida. Em sua carta natal, o Sol simboliza seu tom fundamental de ser para o qual tudo mais ressoa.

Para um homem

O Sol no horóscopo de um homem simboliza como ele se vê, a sua auto-imagem residual – a imagem idealizada de si mesmo que formulou na juventude, trabalhou para cumprir através da meia-idade e continua a se identificar com a vida tardia. Ele representa as ambições pessoais, qualidades e características com as quais ele mais se identifica e procura encarnar. Para um jovem, o Sol (juntamente com Saturno) representa a figura paterna eo modelo de papel masculino idealizado. Para um homem maduro, o Sol em sua carta do nascimento simboliza sua base pessoal do poder e seu sentido do núcleo do self e do self-purpose.

Para uma mulher

As funções e qualidades psicológicas representadas pelo Sol em um horóscopo não diferem realmente entre homens e mulheres, mas circunstâncias sociais e culturais geralmente encorajam as mulheres a expressar e atualizar seu potencial solar em um contexto mais limitado e específico. O lugar do Sol dentro do contexto da carta como um todo muitas vezes revela o tipo especial de oportunidades e dificuldades que uma mulher pode experimentar na realização do seu potencial solar.

O Sol no gráfico de nascimento de uma mulher também representa os homens-chave em sua vida, e muito pode ser dito em um sentido geral sobre o assunto.

Para uma virgem, o Sol (juntamente com Saturno) representa o pai porque ele é a figura masculina central em sua vida até que esse papel é assumido por um amante ou marido.

Para uma mulher madura, o Sol em seu horóscopo representa o marido ou amante, ou a principal figura masculina em sua vida, porque o Sol é o princípio masculino central na astrologia. Para ela, Marte simboliza não tanto o homem-chave em sua vida como faz o tipo geral de expressão masculina que ela acha atraente e atraente. The Sun em horóscopo de uma mulher madura representa o seu idealize imagem do pai, o material psicológico que ela tende a projetar sobre os homens, qualidades que ela geralmente espera-lhes expressar e características nos homens ela acha desejável. Marte, que também carrega uma polaridade masculina, em seu gráfico representa os amantes em geral, especialmente em seu aspecto biológico. No horóscopo das mulheres, Saturno – outro planeta de polaridade masculina, simbolizando a idade e a autoridade – é o principal símbolo do pai como uma figura real na vida de uma mulher.

Mercúrio

MercúrioAs faculdades mentais envolvidas em perceber, associar e comunicar.

Atributos Tradicionais

Mercúrio

Afinidade Zodiacal: Gêmeos e Virgem

Casa afinidade: 3 e 6

Polaridade: neutra ou dual

Cores: Specked ou manchado

Anatomia: A glândula tireóide, o cérebro eo sistema nervoso. Visão, a língua e os órgãos da fala. As mãos.

Metal: Quicksilver

Gem: Quicksilver e lodestone

Astronomia: Mercúrio completa sua órbita em torno do Sol em 88 dias. Porque está dentro da órbita da Terra, nunca é mais do que 28 graus zodiacais do Sol.

Pessoas: Estudantes, escritores, editores e jornalistas. Técnicos e mensageiros. Funcionários e funcionários. A intelligentsia.

Coisas: Documentos, cartas, livros e fotos. Vizinhos, barganha, compra e venda.

Simbologia: O glifo de Mercúrio combina o crescente de receptividade, o círculo da unidade e a cruz da matéria. Tem uma propriedade serpentina, entrelaçando-se, como visto no caduceus de Mercury, significando o dualism do planeta e suas energias elétricas creativas.

.

O horóscopo de Courtney Love apresenta um poderoso Mercury.

.

Mercúrio retrógrado é visto em cerca de 20% de todos os horóscopos

.

Aldous Huxley , Ralph Nader , Hillary Clinton e Chrissie Hynde nasceram enquanto Mercúrio era retrógrado.

A mente concreta, mundana e suas faculdades. Percepção, memória e fala. As mãos e coordenação. Pensamento, razão e análise. Aprendizagem e comunicação. Interagindo com coisas e arredores. Electricidade e energia elétrica. Dados e informações. Tecnologia e eficiência. Computadores, transportes, automóveis, telefones e meios de comunicação. Juventude.

Interpretação Humanística

Mercúrio simboliza o princípio de intercâmbio, associação e parentesco. Ele dá uma formulação mental ao princípio solar, dando a uma razão única para ser. Mercúrio representa a coordenação de nossos muitos processos orgânicos, emocionais e mentais – nosso sistema nervoso central é uma de suas muitas manifestações. Mercúrio é também o símbolo da diferenciação; Ele pisa a força solar unificada para baixo para mudanças elétricas positivas e negativas. Como a mente, que separa e analisa, Mercúrio tem um duplo caráter, mostrado no mito de Hermes, o Mercúrio grego, que não era apenas o mensageiro dos deuses, mas um divino mentiroso, roubo e trapaceiro. A mente e a linguagem podem tentar comunicar os fatos, mas nunca podem fazê-lo com verdade completa e não podem substituir a experiência direta, porque separa necessariamente o conhecedor eo conhecido.

Para um homem

Embora o papel de Mercúrio em um gráfico de nascimento não varie significativamente para homens e mulheres, no horóscopo de um homem Mercúrio indica onde um homem deve ser capaz de operar melhor sem condicionamento de gênero. Conforme explorado em profundidade em outro recurso, as conexões angulares de Mercúrio com outros planetas, especialmente Marte e Saturno, revelam como os preconceitos de gênero são transferidos para Mercúrio e para a mente.

Para uma mulher

Porque Mercúrio é neutro, preconceitos e preconceitos podem ser expostos com a sua ajuda. No gráfico de nascimento da mulher, Mercúrio mostra sua melhor abordagem para alcançar reconhecimento social e igualdade sem se envolver ou reagir ao condicionamento de gênero e política sexual.

Retrógrado

Mercúrio gasta cerca de três semanas de seu ciclo de 88 dias retrógrado, e cerca de vinte por cento de todos os horóscopos apresentam Mercúrio retrógrado. Em uma carta de nascimento, Mercúrio retrógrado indica uma mente voltada para dentro em direção a introspecção e auto-exame. Explorar as dimensões internas pode ser mais fácil e convidativo do que lidar com questões do “mundo real”, e as questões filosóficas mais amplas subjacentes à vida muitas vezes têm mais apelo do que o lado mais mundano da vida. As próprias idéias e pensamentos podem ser mais interessantes e intrigantes do que as dos outros. Mercúrio retrógrado, portanto, é bem adequado para escritores, artistas, músicos, filósofos e pessoas cujo trabalho exigem o desenvolvimento de novas idéias e alto grau de concentração e criatividade. Longe de indicar lentidão mental, Mercúrio retrógrado figura em grande parte nos horóscopos de alguns dos indivíduos mais inteligentes de qualquer época.

Como a polaridade de Mercúrio é neutra, seu significado quando retrógrado não difere significativamente entre homens e mulheres como fazem alguns outros planetas. No entanto, há algumas diferenças sutis.

No gráfico de um homem, Mercúrio retrógrado sugere uma aptidão para estudiosa e trabalho mental intenso que exige longas horas de trabalho solo.

No gráfico de uma mulher, Mercúrio retrógrado sugere uma personalidade que ataca por conta própria, muitas vezes inovando e incorporando os ideais de uma nova feminilidade em qualquer época.

Desvendando o Escorpião

Escorpião talvez seja um dos signos mais fetichizados, para o bem e para o mal, nas leituras mais corriqueiras e memes de toda sorte. Antes de comentar um pouco sobre, a gente relembra algo que, pro tipo de Astrologia que praticamos aqui é fundamental: signo não faz nada. Signo é cenário, território, disposição e contexto para ação dos Planetas.  

Assim sendo, vejamos como os planetas se comportam aí: Marte está em casa. É o planeta regente de Escorpião: o significador universal das guerras, da violência, cortes, sangue derramado, atividades físicas tem ali seu domicílio noturno. A intensidade do ferrão e a potência de seu ataque, certeiro e profundo. Ao mesmo tempo é nesse cenário que Vênus tem seu exílio. Ela que versa sobre beleza, harmonia, prazer, sexo, amor e gozo não se sente nada confortável com o ambiente de intensidade fixa das águas profundas de Escorpião, que desconhecem limites quando obstinadas. É também essa fixação e insistência que conferem à Lua, senhora das nossas emoções, doadora de vida, responsável pela nossa saúde mental e nosso humor, a debilidade da queda.

Marte é senhor do ferro e da forja, com a qual só se trabalha nos extremos das temperaturas. A força de Escorpião está na capacidade de suportar a dor ao mesmo tempo em que existe a vontade de insistir no desejo e no gozo. Mas um gozo que se exalta nas águas de Peixes, que são dadas ao movimento, e às emoções mais sutis, não menos avassaladoras, mas sobretudo expansivas. O gozo em Escorpião é uma questão muito mais de disputa, que submete o corpo e não o contrário; enquanto, por exemplo, em Touro, domicílio de Vênus, o sexo é a delícia da carne e das sensações.

É recorrente a associação imediata dos signos com as casas a contar da I como o primeiro signo. de forma que Escorpião seria a casa VIII. Apesar de algumas semelhanças entre algumas casas e signos, se contados dessa forma, não julgamos aqui que essa seja uma relação que se aplique. De modo que atribuir a Escorpião os assuntos de casa VIII automaticamente não exatamente clareia, mas pode mesmo é confundir. E se o assunto é casa, cabe lembrar algo caro à tradição: SEXO é assunto de casa V, não de casa VIII. Casa V, onde Vênus se jubila duplamente. Casa VIII é a casa da Morte.
Se olharmos o caráter puramente físico do ato sexual, o entrelaçar dos corpos, podemos enxergar então uma faceta marciana, mas o gozo e o prazer, são venusianos. Logo, essa hiper sexualização do signo não faz muito sentido.

Na verdade, até me incomoda pensar nas relações sociológicas que a associação do sexo com Marte e não com Vênus desencadeiam, pensando no mundo em que a gente vive. Seja no que tange à opressão à sexualidade feminina e a super valorização do falo e o entendimento limitado de que sexo resume-se à penetração. Marte é o senhor da violência. Sexo é gozo, é sutileza. É possível sentir muito prazer através de embates agressivos dos corpos – quem sou eu pra julgar ou moralizar isso!, mas o grande problema de pensar o sexo dessa forma é tirar dele a sutileza das sensações, da leveza dos toques. Sexo é escolha, proporcionar prazer é saber tocar e trocar, é descobrir o momento, saber a hora de parar e prosseguir, afinal, o outro domicílio de Vênus é justamente a exaltação de Saturno: limite, tempo e ponderação libriana.

isabela morais 

Astrologia Tropical e Sideral

Além das 4 divisões que falamos no post anterior há dois tipos de astrologia praticados no Ocidente: astrologia tropical e astrologia sideral.

 A astrologia tropical dá a posição de um planeta por signo já a astrologia sideral dá a posição por constelação.

Para entender a diferença entre as duas, é preciso entender a diferença entre signos e constelações. Ambos têm os mesmos nomes, o que pode causar uma considerável confusão para quem não conhece muito de astrologia.

Os signos são divisões do espaço de um círculo chamado eclíptica onde cada espaço contém 30 graus. O primeiro signo, Áries, começa a partir do ponto vernal (para o hemisfério norte). As constelações não tem a mesma extensão que as casas de 30° dos signos e por isso as constelações e os signos nunca coincidirão perfeitamente.

Portanto lembre-se que o zodíaco astrológico não é o zodíaco sideral, astronômico. Signos astrológicos não são constelações.

O que acontece é que algumas constelações celestes têm nomes iguais aos dos signos astrológicos. Mas quando alguém fala do signo de Câncer, por exemplo, não é a mesma coisa de se referir à constelação do Caranguejo.

Por mais que as constelações tenham mudado de lugar ao longo dos anos, isso não muda nada para a Astrologia Ocidental.

A astrologia sideral e a astrologia tropical se baseiam em princípios diferentes, e as duas são válidas, mas não há necessidade de discutir ou compará-las.

O que é um Mapa Astral e o que podemos aprender com ele


O Mapa de Nascimento é um direcionamento para a vida, é um instrumento para conhecermos nossos potenciais, caminhos, e o que viemos fazer e aprender nessa vida.

 O conhecimento de seus potenciais e de todas as oportunidades e possibilidades que podem e devem ser aproveitadas obtemos somente com a evolução e espiritualidade e é isso que o nosso mapa astrológico nos oferece, a oportunidade de evoluir, e podemos consultar seu conteúdo várias vezes na vida para nos entendermos e compreendermos certas experiências e caminhos. Quanto mais maduros estivermos, melhor compreendemos as informações e em cada momento um ponto lhe será importante. Tudo sempre terá um sentido mas é somente a tua maturidade que pode te mostrar no que você precisa prestar mais atenção neste momento.

A chave para o sucesso também na vida amorosa é o amor próprio e esse amor você constrói conhecendo-se em todos os seus aspectos.

As experiencias mais importantes dessa atual vida podem ser reveladas com a junção do horário, data e local exato do nascimento, desde o nosso primeiro contato com esse mundo, nessa vida.

Cada planeta, cada signo, cada casa têm um significado tanto particular, como em suas conexões e é isso o que torna uma mapa individual e único, são os minutos, os graus e segundos que perdem ou geram as conexões, mesmo para irmãos gêmeos o mapa é individual e único.

O seu ser, que é representado pelo seu Sol no Mapa, lhe trará muitas informações. Cada planeta que se juntar ou fizer um aspecto, o signo que ele está colocado e todos os aspectos que forem feitos com o planeta regente deste signo, fazem menção a como você é por dentro. São pequenas dicas de como sua alma está no processo de evolução.

Seu ascendente conta como você se expressa neste mundo e todos os aspectos que ele e o signo dele fazem, contam como o mundo reage a você.

A Lua fala de nossa mãe e também mostra nossas emoções e a forma como lidamos com tudo que acontece externamente. É a interpretação de tudo que acontece na vida.

E os passos citados a cima são somente o início da análise, todos os demais planetas, signos e casas, falam de setores, pessoas, situações e programações. 

Se você busca uma forma de se direcionar, de se conhecer melhor e se analisar, faça o seu mapa natal, ele lhe será um importante aliado na sua busca por autoconhecimento e te ajudará a tornar-se uma pessoa mais realizada e de bem consigo.