Leitura Sagrada

Cada leitura de mapa que fazemos é como adentrar um Templo, um Mundo Sagrado, repleto de mistérios a serem revelados, onde existem lugares secretos por onde poucos passaram, que guardam segredos, relíquias de valor inestimável, muito particulares acerca de sonhos, desejos, fantasias, medos, idiossincrasias que às vezes só a própria pessoa reconhece, sabe.
É preciso pois ser cuidadoso e pedir permissão para entrar nesse território, munido de mapas de tamanha especificidade que tratam das relações simbólicas que a posição matemática dos astros no momento de nascimento do indivíduo tem com sua vida pessoal. É um espaço tão íntimo e reservado, o universo particular, o universo no particular, que é preciso (de precisão) ter muita delicadeza e respeito para entrar por essa porta, em alguns casos, faz parte da etiqueta (pequena ética) até ser um pouco cerimonioso, e abusar do silêncio quando as vozes da balbúrdia do julgamento prévio acerca do que estamos lendo tomam conta da mente maculando o cenário com pensamentos espúrios, desnecessários: “o mapa não é o território”, e isso é sagrado, não pode ser violado, com o risco de reproduzirmos verdadeiros Testamentos Cósmicos!


Ser como um céu translúcido e transparente acerca dos próprios limites e das limitações do instrumento de nossa atividade, e deixar isso bem claro para o outro, é sempre um bom lugar para começar e é o grande desafio da Leitura Sagrada .

Escrito por José Maria Gomes Neto

O que é um Mapa Astral e o que podemos aprender com ele


O Mapa de Nascimento é um direcionamento para a vida, é um instrumento para conhecermos nossos potenciais, caminhos, e o que viemos fazer e aprender nessa vida.

 O conhecimento de seus potenciais e de todas as oportunidades e possibilidades que podem e devem ser aproveitadas obtemos somente com a evolução e espiritualidade e é isso que o nosso mapa astrológico nos oferece, a oportunidade de evoluir, e podemos consultar seu conteúdo várias vezes na vida para nos entendermos e compreendermos certas experiências e caminhos. Quanto mais maduros estivermos, melhor compreendemos as informações e em cada momento um ponto lhe será importante. Tudo sempre terá um sentido mas é somente a tua maturidade que pode te mostrar no que você precisa prestar mais atenção neste momento.

A chave para o sucesso também na vida amorosa é o amor próprio e esse amor você constrói conhecendo-se em todos os seus aspectos.

As experiencias mais importantes dessa atual vida podem ser reveladas com a junção do horário, data e local exato do nascimento, desde o nosso primeiro contato com esse mundo, nessa vida.

Cada planeta, cada signo, cada casa têm um significado tanto particular, como em suas conexões e é isso o que torna uma mapa individual e único, são os minutos, os graus e segundos que perdem ou geram as conexões, mesmo para irmãos gêmeos o mapa é individual e único.

O seu ser, que é representado pelo seu Sol no Mapa, lhe trará muitas informações. Cada planeta que se juntar ou fizer um aspecto, o signo que ele está colocado e todos os aspectos que forem feitos com o planeta regente deste signo, fazem menção a como você é por dentro. São pequenas dicas de como sua alma está no processo de evolução.

Seu ascendente conta como você se expressa neste mundo e todos os aspectos que ele e o signo dele fazem, contam como o mundo reage a você.

A Lua fala de nossa mãe e também mostra nossas emoções e a forma como lidamos com tudo que acontece externamente. É a interpretação de tudo que acontece na vida.

E os passos citados a cima são somente o início da análise, todos os demais planetas, signos e casas, falam de setores, pessoas, situações e programações. 

Se você busca uma forma de se direcionar, de se conhecer melhor e se analisar, faça o seu mapa natal, ele lhe será um importante aliado na sua busca por autoconhecimento e te ajudará a tornar-se uma pessoa mais realizada e de bem consigo.